No abraço a gente se enlaça, se entrelaça,

a gente rodopia, até você por o óculos por causa da miopia

eu te peço pra ficar e você me diz que tem assuntos pra solucionar

não te digo, mas, gosto de você tanto quanto as folhas gostam de cair do ipê.

Eu admito que as vezes eu me permito

gostar de você de verdade, da cabeça aos pés, e já falei com tantos Zé’s

só pra pedir conselhos e jogar conversa fora, eles me disseram que não deve haver demora

que quem gosta de verdade, procura o outro em cada canto da cidade.

A gente fica junto só por hoje e um pouquinho do amanhã, você vai pra casa logo de manhã

o futuro é tão incerto, digo, ainda mais o nosso, eu faço o que posso

tudo acabou de acontecer, foi do fim da noite até o amanhecer.

Olha, eu não te prometo muita emoção, muito menos precisão

mas aqui, eu te juro de coração que apesar de tudo, vou evitar a discussão

quem sabe você volta mais tarde, e assim tudo segue sem alarde.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.