Uma mistura de “deixa pra lá”

Com um pouco de “ainda não é o fim”

Um misto de “eu quero que você vá”

Com uma pitada de “cola em mim”

Uma bagunça de sentimento

Que a gente insiste em esconder

E de repente se cria um tormento

Por não saber como dizer

Dizer que a gente ama

Que não gosta da falta

Que pelo outro o peito chama

A melodia do amor é alta

A gente sente dor mas não fala

A gente se corrói inteiro

A gente só sente e se cala

No relógio não tem mais ponteiro

O tempo para

A vida fica devagar

e o peito nos encara

Pra sair do lugar

Mas a gente não sai

Ah, a gente fica naquela indecisão

No foi não foi, no vai não vai

É confusa essa coisa de coração

Like what you read? Give Gio a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.