A PAX POSSÍVEL

Caro leitor, tenho acompanhado atentamente os assuntos relativos à sistêmica corrupção que vem sendo descoberta pela Operação Lava-Jato. É claro que como crente na democracia, espero que possamos passar por mais essa fase da vida nacional sem maiores traumas que os que já estamos enfrentando.

Dentro desse quadro, nos últimos meses o GOBACK se debruçou sobre as atitudes do Procurador Geral da Republica, Dr. Rodrigo Janot a quem fizemos duras criticas ao comportamento e as suas flechas. Ele se foi, mas deixou um rastro de atitudes suspeitas que só foram devidamente reconhecidas como tal, quando foram levadas a público.

As bases em que foram fechadas as delações dos donos e executivos da JB&S comprovam. Por mais importantes que fossem as declarações, nunca poderiam ser tratadas e favorecidas da forma como foram. Por que estou trazendo esse assunto?

Porque defendo a instituição da “delação premiada” e dentro das minhas limitações acho que deve ser preservada. Claramente precisamos que ela seja aperfeiçoada e que as responsabilidades possam ser mais apuradas para que não prejudique a ação correta do Ministério Público Federal.

Convêm esclarecer ao leitor que na Itália, de hoje, após a operação Mãos Limpas, ficou muito mais difícil investigar políticos do que era antes da operação. Com a experiência obtida com a operação Mãos Limpas, os políticos, liderados pelo populista Silvio Berlusconi que ficou nove anos no poder, criaram leis que dificultam a investigação deles próprios, essa historia é de conhecimento dos investigadores mais também dos políticos.

Assim, não vamos nos iludir, diariamente os políticos estão estudando como criar leis que dificultem as investigações sobre seus desvios de conduta. Enquanto não cair a maldita imunidade parlamentar e o foro privilegiado, ao votar você estará dando ao politico um mandato para lhe enganar como tem acontecido ate aqui.

Like what you read? Give Hiram Souza a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.