ALÍ BABA E OS 75

A boa noticia da semana, a depender de seus efeitos pode ser boa, mais ou menos, ou ruim. Como sou um otimista, vou classifica-la como boa.

Então, a boa noticia da semana, é a delação já aceita e em curso do Ali Baba e seus 75 ladrões. Ou melhor, do Marcelo Odebrecht e seus 75 executivos, o que até agora, deu 300 anexos. Ou 300 novas historias sobre a corrupção no Brasil.

Aparentemente a gestão da corrupção ficou por conta do PT, na real todos sabemos que a corrupção é endêmica e vem sendo desenvolvida e em franco progresso, há muitos anos. O sistema politico brasileiro conduz a esse tipo de coisa.

Que coisa? As relações entre os governos e às empresa e seus agentes, sejam públicos ou privados. Do ponto de vista de política o que tem ajudado em muito são os “beneficios” que os políticos se auto-concedem, como imunidade parlamentar, e o foro privilegiado, uma vergonha!! Com essas garantias, os políticos vem usando e abusando da corrupção.

Claro não para por ai. Ainda tem o sistema de financiamento de campanha, e o tal fundo partidário. Uma excrescência absurda que nós, enquanto população, estamos pagando sem saber.

O volume de “concessões” que os políticos se auto-concedem é uma vergonha e é exatamente por essas vantagens que o sistema apodreceu.

Por outro lado, tem ainda as relações das empresas com os governos, que é da pior especie. Tem conserto? Claro que tem, se não houvessem as garantias de importunidade ao parlamentar e se o agente publico fosse — após comprovação — sumariamente demitido, e não ficar recebendo em casa a titulo de punição, os mesmos benefícios de quando empregado. Tudo seria mais fácil. Se fosse mais rápido e efetivo.

Vamos deixar claro, não existe medo sem que haja punição, não existe honestidade sem compensação, simplesmente não exite boa conduta sem respeito às leis.

Gente!! Só tem um jeito de consertar: Lei dura, rápida e eficaz.

Mas a noticia da delação que esta assombrando o mundo politico e empresarial do Brasil é boa. Vai balançar muito, até o Juiz Sergio Moro esta assustado com o volume de envolvidos e suas respetivas importâncias.

Acho que temos que ir adiante porque o Brasil TEM que ser maior que a corrupção.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.