O POVO E O BRASIL

A NAU DOS INSENSATOS?

Dia desses um amigo e eu comentávamos sobre a burrice dos Sindicato dos Bancários. Aliás, de onde saíram montes e montes de petistas treinados para a greve.

Essa greve é burra, muito burra mesmo Eles vão acabar provando para a população que os bancários são dispensáveis. Todos o dia tem banco anunciando agencias virtuais, serviços on-line e um monte de serviços via internet. Qual o objetivo disso? Reduzir custos com pessoal, que diga-se de passagem, no Brasil, esses custos são insuportáveis.

Mas o que eu gostaria mesmo era de poder chamar a atenção dos bancários que não vão as assembleias. Não indo, você permite que as minorias comandadas e treinadas pelo PT, decidam pela maioria omissa. Lembro também, que aumento de salario é muito bom para o sindicato que fatura mais e pode se dar ao luxo de ter até jatinho.

Acho também que os governos estaduais são omissos com relação à população. Tenho visto bancários querendo trabalhar e são impedidos por piqueteiros (uns caras fortes) colocado nas portas dos bancos pelo sindicato proibindo a entrada de quem quer trabalhar. Isso é legal?

Não, claro que não. O governo deveria apoiar e dar segurança para quem quer trabalhar. Outra coisa, ficar brigando por aumento, quando a maioria nem emprego tem?

Não sei se o governo do Paraná, não faz nada por habito, ou porque espera ganhar votos dos petistas dos sindicatos? Essa é uma duvida que me correi!

Mas acho que a omissão das autoridades sobre o assunto, tem levado os governantes a perder mais votos do que ganhar. A população idosa que recebe aposentadoria, que tem dificuldade em retirar o seu dinheiro, por exemplo. Pelo menos a esses, deveria ser garantido o direito de retirar seu dinheiro do banco.

Outra coisa tipicamente brasileira, a alegação que mesmo com os bancos fechados, você pode pagar nas casas lotéricas? É piada? Se atrasar o pagamento você é penalizado com multa e juros. O que é isso?? Se não posso ir ao banco pegar o meu dinheiro como vou pagar nas casa loterias?? De fato somos um povo frouxo, preguiçosamente pacifico e disposto a ser burro de carga. Impostos altíssimos, serviços baixíssimos e segurança nenhuma.

Que coisa mais triste.

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.