o teu tempo acabou

pesam lentas as palavras

que ficaram por dizer

pesam fardos os momentos

que não tinham de ser

pesam sábias as lições

que deveriam aprender

pesam loucas as memórias

que poderão aparecer

pesam sóbrias as tristezas

que vão desaparecer

mas o teu tempo acabou

há muito tempo que acabou

a esperança e a infância

de um amor que não vingou

agora é tarde para voltar

ao que soava felicidade

já não quero mais ficar

onde afinal não há verdade

quis a prova que não foi dada

fechar a porta do coração

esquece e muda de morada

afinal foi tudo em vão

e o teu tempo acabou

há tanto tempo que acabou

a esperança e a infância

de um amor que não vingou

_2013
Like what you read? Give Guida Pina a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.