Esboços sobre o [cu]

[Prosa poética; da cabeça de um personagem qualquer]

Até o cu mais táctil, concretamente contraído, prestes a escapulir um dedo insolente, ou um pênis feliz; mesmo este ser, tão humanamente vulgar, é um mistério místico insondável. Você pode esfolá-lo, colocá-lo em lentes e aumentar suas fissuras em miríades de vezes, dissecá-lo, mas nada dele há de compreender.

Essas coisas de pregas não se entende: são questões tácteis…


Gostou? Coraçãonize, compartilhe, siga a tag HermesVeras, sobreviva. Poesia, para mim, é religião, filosofia e vida. Espero que para vocês também.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Hermes’s story.