O Vingador (Rascunho 1)

(Título sujeito a mudanças)

“-O que é você? — perguntou o assustado garoto.
Não há resposta.
-O que é você?
Silêncio, interrompido apenas pelo farfalhar das folhas ao vento.
-O QUE É VOCÊ?
A Coisa suspira, como se estivesse cansada. Ela olha para o garoto com curiosidade, balança a cabeça, e então começa a falar:
-Eu sou tudo, e ao mesmo tempo não sou nada. Eu sou o bem e sou o mal. Sou todo um Universo, mas não passo de um grão de areia. Sou aquele capaz de levar desespero ao mais fiel dos seres, mas também de levar esperança ao mais descrente deles. Sou aquele que você quer matar, minha criança… Sou aquele que os homens chamam de Deus.”

Trecho de um livro sem nome, data de lançamento e cuja existência depende apenas de minha mente.

Like what you read? Give Haniel Castro a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.