Lavanda e seus benefícios

Sendo ela a mais popular, versátil e de uso mais difundido, a lavanda apresenta a capacidade de equilibrar e normalizar as funções do corpo e das emoções. Acima de tudo, ela é calmante, tranquilizante e relaxante.

Como e onde usá-la?

Dores musculares: em óleos corporais, fazendo massagens no local.
Insônia: duas gotas do óleo essencial no travesseiro ou duas gotas nos difusores elétricos, pode garantir uma noite tranquila de sono.
Resfriados e gripes: nestes casos é recomendado usá-lo em inalações das es vapor.
Dores de cabeça: uma compressa fria de lavanda ou duas gotas esfregadas nas têmporas alivia dores de cabeça.
Picadas de insetos: ele repele insetos e, se for picada, uma gota sobre a picada elimina a dor e coceira. 
Queimaduras e cortes: o óleo de lavanda é eficaz na cicatrização e é muito utilizada em pequenos cortes.

Contra indicações: evitar no começo de gravidez, especialmente se houver uma ocorrência de aborto espontâneo.

Fontes: Ferrer-Halls,Gill. A Bíblia da Aromaterapia: o guia definitivo para o uso terapêutico dos óleos essenciais; tradução Denise de Carvalho Rocha — São Paulo: Pensamento, 2015.