5 Leis Definitivas que Empreendedores de Primeira Viagem Devem Adotar

Image credit: Pixabay

Artigo de Andrew Medal
Traduzido por Natália Araujo

Eu adoro retribuir e ajudar os outros. Recentemente criei um grupo no Facebook que agora já tem mais de 8.000 empreendedores. Nós discutimos sobre startups e compartilhamos informações. Isso me permite ter bons insights sobre diferentes obstáculos que empreendedores enfrentam em todo o mundo.

Eu consegui resumir essa lista em 5 áreas específicas nas quais estes empreendedores acabam se atrapalhando. Esta é minha recomendação:

1. Pare de falar, comece a fazer.

A síndrome do ‘quero ser empreendedor’ corre solta em diferentes círculos. Eu ouço e vejo isso frequentemente. Existe uma razão pela qual o slogan “Just do it” se tornou tão popular. Se você quer ser um empreendedor, seja um. Existem milhares de pessoas que são menos talentosas, menos inteligentes e menos ‘orientados vivendo’ a vida que eles vislumbraram porque eles descobriram como começar. Este é, obviamente, o primeiro passo.

Relacionado: 21 Dicas de Sucesso para Jovens Aspirantes Empreendedores

2. Pare de construir, comece a testar.

Esta é minha abordagem favorita para negócios. Eu adoro testar ideias e descobrir se minhas suposições estão corretas. Melhor ainda quando elas estão incorretas, porque aí eu tenho que entender o motivo. Existe uma razão pela qual a metodologia Lean Startup ficou tão popular e porque o desenvolvimento rápido continua sendo a melhor abordagem.

Não faz sentido perder tempo, energia, esforço e recursos antes de você determinar se existe, pelo menos, demanda para o que quer que seja que você estiver construindo ou oferecendo. Testar suas ideias economiza seu tempo e te ajuda a construir e a oferecer algo que as pessoas realmente querem.

3. Pare de procurar financiamento, comece a entregar valor.

Eu cometi esse erro no início da minha carreira com startups. Eu acreditava que um investidor era a solução para tudo, e que se eu conseguisse encontrar o investidor certo eu estaria pronto para construir a empresa dos meus sonhos. Esse não é o caso. Na verdade, o financiamento é a consequência de um negócio que entrega valor, e não a causa disso.

Relacionado: 4 Razões pelas quais um orçamento realista para a Startup é a chave do sucesso

4. Pare de vender, comece a compartilhar.

Atualmente ninguém quer receber proposta de venda. As pessoas querem ficar envolvidas com uma história, visão ou valor do seu produto ou serviço. Estudos de caso e testimoniais são uma ótima forma de compartilhar os benefícios do seu produto ou serviço. Aprenda a arte do storytelling e compartilhe seu entusiasmo sobre o seu negócio, a oportunidade e os benefícios que a sua empresa oferece, e compartilhe.

5. Pare de ‘ser ocupado’, comece a ser produtivo.

Existe uma diferença entre ser ocupado e ser produtivo. Eu costumava me encontrar e me sentir ‘ocupado’ o tempo todo. “Ocupado” é um estado mental. “Produtivo” é, de fato, a realização de tarefas e objetivos que ajudam a mover o seu negócio para frente.

Todos nós temos um milhão de coisas que precisam ser feitas a qualquer momento. Descubra como priorizar, reserve um tempo específico para tarefas específicas e as horas do dia em que você é mais eficaz. Use essa informação para ser produtivo, e deixe de lado o pensamento de ‘ocupado’.

Relacionado: Somente os bons motivos para começar um negócio

Artigo originalmente publicado em 23 de Junho de 2015:http://www.entrepreneur.com/article/247606 (e também no Blog do Andrew Medal).
Confira nosso último post aqui.