Who comes and leaves!

O tema “Imigração” está mais falado depois das guerras explodirem nos países do Oriente Médio e da África. Algumas fotos e vídeo marcaram o contexto e o tema a partir dai foi pautado cada vez mais. Quem não lembra da foto do garotinho sírio morto na praia? Pois bem, falando particularmente da Síria, cerca de 228 mil pessoas saíram do país em guerra, e o foco principal é a Europa. Por conta disso, muito europeus querem que isso seja proibido e toma medidas desesperadas contra a imigração. As pessoas tendem a chegar nos países ilegalmente, causando assim a imagem citada anteriormente.

Foto tirada no dia da marcha da imigração, nos EUA. “A terra é para todo mundo! Sem fronteiras.

De uma forma geral e óbvia, os Estados Unidos da América é o país mais procurado por imigrantes anualmente, dados do ano de 2010/11 nos mostram que cerca de 43 milhões de pessoas chegam para habitar o país, seja legalmente ou ilegalmente. Cerca de 30% dos imigrantes não possuem sequer o segundo grau completo, e o número dos mesmo no país gira em torno de 10% de sua população. Em contra partida a isso, os emigrantes tem um número quase insignificante se formos comparar com os imigrantes, cerca de 2 milhões de pessoas saem dos EUA em um ano.

Mas por que isso acontece?

Todos procuram uma vida ou uma oportunidade melhor de sobreviver, obviamente os países intitulados de primeiro mundo são fortes concorrentes. EUA e Europa são os focos principais, enquanto os EUA recebe 43 milhões de imigrantes, como foi dito acima, a Europa recebe cerca de 3 milhões ao ano, um número monstruoso se compararmos a estrutura geográfica de ambas potencias. Refugiados, exilados e sobreviventes tendem a chegar casa vez mais nesses lugares.

Trazendo a realidade para o Brasil, cerca de 650 mil pessoas imigram para cá, esse número aumentou um pouco de acordo com os refugiados que chegaram do Haiti, Angola, etc. Já o número de pessoas que saem daqui para tentar a vida em um lugar melhor, é absurdamente maior, cerca de 1 milhão de pessoas. E o foco? A Europa e os EUA.

A imigração no ponto de vista dos habitantes

Toda problemática gira em torno dos conservadores e xenófobos de cada país em questão. A maioria das pessoas que chegam não tem um ensino superior e/ou nem o ensino médio completo, isso faz com que o problema seja que nenhuma delas agregará nada em prol desse lugar, no caso, a Europa.

Muitos querem proibir e evitar que essas pessoas habitem em seu país, pois dizem que as mesmas roubariam seu lugar no mercado de trabalho e ameaçam a economia. A Europa é capaz de oferecer e absorver os imigrantes econômicos ( aqueles que tendem buscar por empregos e melhoria de vida) e os refugiados ( que fogem de países em guerra). Mas o problema é o custo político que os governos nacionais tendem a enfrentar. Segundo o discurso europeu, nem todas as pessoas contrárias à imigração são xenófobas e racistas, mas elas apenas não confiam nos partido que estão exercendo o poder e com isso tendem a escolher e votar em partidos mais conservadores e de discurso fortes.

A solução?

Capacidade todos tem de receber quem quiser, é apenas uma questão de organização e de querer. Se tudo for legalizado e que exista direitos e leis entre as pessoas que chegam, será mais fácil e evitará cada vez mais os refugiados ilegais e as mortes causadas por essa desesperada busca por refúgio. Se for organizado assim, a história não manchará mais o nome dos países e mostraram evolução ideológica e política dos seus governantes.