carta para a namorada que ainda não foi espancada
Débora Nisenbaum
29514

Fica muito claro o teu ponto em cada linha do teu texto. Não tem como não se identificar.

Nunca fui agredida fisicamente, mas julgo a dor do abuso emocional e terror psicológico tão grave quanto. Pois provavelmente isso vai nos descaracterizar como pessoa nos fazendo perder a nossa essência e o prazer de ser quem a gente é.

O coração apertou depois de ler, mas com um certo alívio por você se livrar dessas algemas e ter a coragem de compartilhar com a gente.

Gratidão por tuas palavras ❤