O código de defesa do consumidor criou um monstro, que custa a saúde emocional e física de milhões de empreendedores.
O que diabos aconteceu com a GERAÇÃO Y?!
Ícaro de Carvalho
4.8K664

Ícaro, gratidão pelo seu texto incrível! Porém esta afirmação é um enorme tiro no pé. Explico: o Código de Defesa do Consumidor não criou nenhum monstro, ele não dá direito de o cliente agir como quiser, apenas protege o consumidor de empresas que querem lucrar a qualquer custo sem entregar aquilo que prometem.

O que falta muito é posicionamento dos novos empreendedores, boa redação na Política de Trocas, contratos que protejam os interesses da empresa e que sejam claros com relação ao serviço que se disponibilizam a fazer. 
Muitas empresas obtém um ótimo relacionamento com seus clientes, satisfazendo-os e inclusive os surpreendendo com atitudes simples e atenciosas. Apenas deixando claro aquilo a que se propõem a fazer e aquilo que não fazem, ou que custa mais se o cliente quiser.
Existem pessoas que estudam mais de 4 anos e, na maioria das vezes, estão aptas a orientar na abertura ou implementação, ou mesmo na reformulação de uma empresa ou de um empreendimento novo ou antigo. São conhecidas como "graduadas" em Administração e existem aos montes. Muitas não possuem experiência prática como administradores de empresas, porém estão cheias de conhecimento e podem orientar de maneira adequada.
Há também o Sebrae, com cursos, palestras e workshops, alguns até gratuitos. Também oferecem consultoria sobre empreender. Na internet tem um vasto material para estudo e aprofundamento, muito variado, com textos, vídeos, slides, e-books, revistas, artigos e até cursos (gratuitos ou não).

Enfim, não culpe um Código que o protege também. O problema não é esse, e sim a falta de posicionamento e traquejo do empreendedor. Até porque profissionalismo também requer ter seriedade e saber escolher o público alvo com que se quer trabalhar.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Jéssica Magalhães’s story.