Declaro que estou oficialmente começando a me levar a sério
Paloma Engelke
725

Sim!

Bah guria, que programação forte essa que sofremos nesse sistema! A quantidade de pessoas que eu conheci que são brilhantes artistas (da palavra, como nós escritores, ou de outras artes) que sofrem com suas próprias inseguranças é alarmante!

Muitas dessas pessoas sentem uma dor tão profunda com essa aparente incapacidade de se levar a sério quando faz aquilo que ama que acabam desenvolvendo depressão e outras doenças psicossomáticas...

Despertar e entrar contra o fluxo, muitas vezes pode se tornar um meio de evitar a própria morte. Falo isso baseado na minha própria experiência. Eu já cheguei no limiar entre continuar reproduzindo os comportamentos tóxicos que “era esperado pela sociedade” de forma a sucumbir numa sobrevida ou morrer fisicamente.

Graças ao meu pedido de ajuda eu pude sair desse abismo. Mas voltar à vida levou algum tempo. Passei por um estado meio zumbi por alguns anos, antes de finalmente despertar e encarar minha responsabilidade perante meus sucessos e fracassos.

Desde o ano retrasado eu resolvi me levar mais a sério, ainda que isso tenha me colocado de frente com outras atividades que eu também precisava fazer para atender aos meus ideais, além da escrita em si.

Ainda estou com um livro não publicado, parado desde 2009… mas pelo menos hoje tenho registro de autora na secretaria de cultura do DF! Com certeza um avanço!

Hoje quando me perguntam o que sou, ainda tenho dificuldade de dizer “escritora” como primeira opção até porque ainda não consegui efetivamente me sustentar com o que ganho quando escrevo como redatora web, mas certamente menciono antes de terminar minha apresentação e como já dei duas palestras e tenho pretensão de continuar, emendo: e palestrante.

Uma coisa é certa, minha integridade está a cada dia melhor e eu começo a me sentir mais empoderada para afirmar “eu sou escritora e palestrante”.

Gratidão Paloma Engelke por sua coragem e por seu trabalho. Fico feliz de saber que mais uma querida está se empoderando e se levando mais a sério publicamente e oficialmente!