Merda

às vezes eu olho o mundo com outros olhos
com olhos distantes
de quem observa de longe
de quem observa a outro
é como se eu não fizesse parte disso
e eu penso
que grande merda redonda
e estamos todos presos a ela
por meio da gravidade
não podemos ultrapassar a gravidade
e tudo é grave
ser alguém é grave
querer alguém é grave
querer ser alguém também é grave
querer ser ninguém é mais grave ainda
parece que a gravidade faz com que nos unamos à merda
tudo é grave menos fazer parte da merda
às vezes eu olho o mundo com outros olhos
às vezes eu me sinto menos merda.