A herança desta geração

Quando leio o jornal de segunda-feira, penso: O que de pior esta geração pode produzir? Artigos inúteis, pessoas desconhecidas e fúteis, gente que tem opinião para tudo — eu, inclusive-, mas que não produz algo de realmente útil ao ser humano. Uma luta desenfreada de tudo. Um encontro ao abismo do nada. Novidades e mais novidades que desnaturam o ser humano. Falta daquela curiosidade em pensar, aquela mesma que há alguns anos nos fazia desmontar carrinhos para ver como é por dentro.

Já está tudo pronto. É despiciendo pensar. Contentemos com as caixas. Com as formas frias e sem durabilidade. O mal deste século e a sua herança é não ter herança alguma a deixar às gerações.

Boa segunda-feira!