Corda bamba

Tenho duas metas constantes, trabalho duro sempre para realizá-las o tempo todo.

Estas metas intercalam entre si sugando o meu tempo e no fim do dia não sobra espaço para mais nada.

São meus sonhos e pesadelos a noite, os fantasmas e fadas que perseguem durante o dia.

Minha meta é não cair nunca, mas as vezes eu deixo de focar nela e me esforço ao máximo para atingir uma outra meta: A de me equilibrar.

Para você pode parecer a mesma coisa, mas acredite, se equilibrar e não cair são coisas bem diferentes, e eu tenho certeza que infelizmente você aprenderá a distinguir bem depressa, conforme a vida exige isso de você.