Julgar e me observar não vai te levar a nada

Consegui um emprego! Mas é claro, eu estudei e tudo, mas vamos combinar, eu sou uma mulher bonita, é lógico que consegui.

Consegui uma vaga no congresso da área! Mas é claro, eu tenho talento e me esforço, mas o fundamental é que eu sou alta e magra, tenho as medidas certas.

Consegui subir de cargo! Mas é claro, eu me esforcei e corri atrás dos meus sonhos, mas o mais importante é que o chefe gosta de mim, eu sou mulher.

Consegui realizar meus sonhos e ter uma vida que eu queria, eu posso ser solteira ou casada e ter 3 filhos, eu posso ser uma mulher de 19 anos ou eu posso ser uma de 50, eu posso ter virado noites estudando, eu posso ter passado dias fazendo horas extras, eu posso ter passado semanas correndo atrás de soluções para os problemas da empresa, mas é claro, eu não consegui nada com isso. Eu fui uma burra de pensar que em algum momento iriam olhar pra mim e ver uma pessoa inteligente, responsável e capaz.

Eles não vêem uma pessoa, eles vêem uma mulher, uma que tem as medidas certas, uma que tem a beleza certa. E ainda ficam bravos, ficam irritados e dizem que não é justo uma mulher conseguir um emprego melhor, porque uma mulher tem vantagens com o chefe que um homem não tem.

É essa a reclamação de vocês? Não é justo porque sou mulher? Pra mim não é justo estudar, se esforçar, dar a vida pelos seus sonhos e no fim não ser reconhecida por isso e sim ser reconhecida pelo seu gênero. Parabéns a todos que acham que eu consegui as coisas por isso, porque enquanto vocês olhavam pra mim e viam uma mulher bonita eu estava preocupada em olhar para o meu futuro, e é por isso que cheguei onde estou e vocês ficaram parados no mesmo lugar olhando e julgando.