Importância da Tecnologia na Segurança de Trabalho

A tecnologia ajuda a organizar processos de segurança do trabalho, mas também requer medidas de proteção específicas para os que a operam.

A tecnologia ajuda uma empresa a dimensionar, fiscalizar e organizar suas tarefas em todas as áreas em que ela atua.Associar softwares de TI à gestão de uma empresa é elativamente comum. Existem muitos programas de computador que ajudam gerentes e diretores a terem um melhor entendimento do que ocorre em suas companhias.

Ocorre que, uma vez que a tecnologia chegou para ajudar a organizar as empresas, também se faz necessário pensar em profissionais qualificados e experientes nessa atividade. E daí, surgem também novos problemas de segurança do trabalho.

Portanto, quando uma empresa pensar em se atualizar com novas tecnologias, deve contemplar também o investimento, não apenas em máquinas e equipamentos de ponta, mas também na capacitação, treinamento e avaliação do ambiente para que esses profissionais também possam trabalhar com segurança.

Visto que a tecnologia muda o tempo todo, é necessário que esse olhar seja frequente e altamente questionador. Isso muitas vezes torna a tecnologia dispendiosa, trazendo uma falsa leitura de que ela não é proveitosa. Trata-se, contudo, em um investimento para que a empresa se mantenha atualizada, tanto em tecnologia quanto em segurança do trabalho. E, atualmente, se tem algo que pode ser mais dispendioso e não-proveitoso, além de pôr funcionários em risco, é estar desatualizado. Por isso, também é igualmente importante que todos os profissionais de uma empresa sejam flexíveis a mudanças.

Se está entre as atividades do Técnico em Segurança do Trabalho implantar, gerenciar e controlar sistemas de segurança, estar aberto a conhecimentos e aplicações em tecnologia deve ser tão importante quanto vistoria, perícia, avaliação e emissão de pareceres sobre os processos e condições trabalhistas.

A segurança do trabalho é algo que jamais pode ser ignorado pelas empresas. Este assunto deve estar sempre em voga, desde escritórios a grandes fábricas. Ignorar as práticas para aumento e manutenção da segurança e aumentar a chances de incidentes e acidentes.

E como o TI pode contribuir para a segurança do trabalho?

Por meio de softwares, os gestores e responsáveis pela atividade podem controlar cronogramas e práticas implementadas. É fundamental criar o hábito de fiscalização, garantindo que toda a legislação seja respeitada e seguida.

Usemos como exemplo grandes fábricas. Equipamentos industriais podem ficar extremamente quentes ou oferecerem riscos de cortes. Os profissionais que têm contato com este tipo de equipamento precisam sempre proteger as mãos, seja na utilização de luvas EPI ou controlando à distância. Neste cenário, o gestor de segurança precisa saber quais colaboradores já receberam seus pares de luvas e
foram orientados em como utilizar as manoplas de equipamento de proteção individual.

Para a tarefa citada, o software de TI pode ajudar perfeitamente, cruzando uma base de banco de dados com os nomes dos colaboradores e das luvas disponibilizadas. Em uma segunda base, o gestor pode marcar os trabalhadores que receberam treinamento de como funciona a utilização das luvas.

Ainda sobre o assunto, o software pode controlar prazos de validade e manutenção das luvas de equipamento de proteção individual. Dessa forma, o gestor da segurança do trabalho pode saber quando o material chegou à fábrica e quando deve ser substituído.

O caso descrito vale para qualquer outro tipo de equipamento, precisando apenas ajustar os nomes no banco de dados. Da mesma forma, treinamentos de segurança do trabalho também podem ser organizados dessa forma. O importante, como destacado anteriormente, é a criação do hábito e implementação de maneira organizada. Dessa forma, a Tecnologia da Informação consegue também proteger funcionários.

Like what you read? Give JulianaTeixeira.2017057.Furnas a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.