Pode Dra?

Isso mesmo,finalmente decidiu que era hora de adotar ou comprar um animal de estimação.Parabéns!Mas isso vai demandar alguns esforços além de posar para belos selfies…Leia,pergunte,consulte um médico veterinário,converse com criadores,veja se seu prédio permite…

Animal é coisa séria.E cada dia que passa,por menor que sejam os passos,estamos caminhando para que ,de fato,sejam punidos os maus tratos e as negligências para com todos os animais.Mas enquanto sacanear um bicho não dá pena de morte,o que nós podemos fazer de bom pelos animais que convivemos?O que fazer quando uma ave silvestre bate em nossa janela e desmaia bem na nossa frente?Pode dar leite de vaca para filhote de gato?O que acontece se eu der pedacinhos de chocolate para o cachorro?Pode deixar o cachorro “rapidinho” dentro do carro fechado,sozinho,para ir ali?Meu pastou comeu uma meia, e agora?

Será que a resposta para estas e outras perguntas estão chegando aos ouvidos e olhos de todos?Será que as informações sobre abandono,vacinas,comportamento dos animais estão chegando à toda população?Ainda tem muita gente acanhada de perguntar,e assim faz errado?Fazem de propósito?

A verdade é que ainda hoje,informação é privilégio,é luxo.

Estas informações tinham que chegar de forma palatável e de fácil absorção.

Então, como convencer sem impor?E como transformar esta informação em ação?

Por que existem coisas que são boas para todos,mas nem todos tem acesso e pouquíssimos usufruem?

Quem sabe de verdade,não é “metido”.Metido é aquele que sabe o certo e acumula para si.

Compartilhar informações corretas é uma bela forma de ajudar na construção de um mundo melhor.

“Não existe pergunta idiota,o que existe muitas vezes é má vontade de aprender ,ou,ensinar.”

Uma boa noite à todos.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Nina R. Franco’s story.