Trechos

Faz logo essa mala

Leva tudo o que tem

Assim desse jeito

Inclui seus defeitos e pega esse trem.

Pára de onda!

Pára de escape!

Tá tudo quase pronto?

Sua ausência já nem sinto falta

O que amargava era o “se”

Agora adoço meu café

Cansei da amargura das suas mentiras

Casei de fazer cara alegre na sua foto

Prá fazer SEU filme.

Montando…que nada!

Sua vida enrrolada, erroscou de vez

Comemoração?Que nada,cê tá sempre atrasado!

Consegue até encrespar cabelo nipônico de tanto pseudostresse

Prá não dar em nada, virar passado…

Prefiro ficar,cá,só,do meu lado.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Nina R. Franco’s story.