Vigésimo Segundo Domingo no Tempo da Trindade (Próprio 24)

Eugène Delacroix, 1798–1863
Saint-Sulpice, Paris

Gênesis 32: 22–31
Salmo 121
2 Timóteo 3: 14–4: 5
Lucas 18: 1–8

Assim como Jacó, buscamos uma bênção de Deus de quem nossa ajuda vem (Gn). Ele nos guarda de tropeçar em transgressão e de todo o mal (Sl). Nós continuamos a aprender com a Palavra de Deus (2 Tm) e a pedir-lhe ajuda dia e noite (Lc). — Thomas Oden


Invocação

Salmos 103:1–2; 10: 17; 57:9

Ó minha alma, bendize o SENHOR, 
e todo meu ser bendiga seu santo nome.
Ó minha alma, bendize o SENHOR, 
e não te esqueças de nenhum dos seus benefícios.

Tu, SENHOR, tens ouvido os desejos dos humildes. 
Tu confortarás o coração deles e inclinarás teu ouvido,

Senhor, eu te louvarei entre os povos; 
cantarei louvores a ti entre as nações.


Primeira Leitura

Gênesis 32: 22–31

22 Naquela mesma noite, ele se levantou e, tomando suas duas mulheres, suas duas servas e seus onze filhos, atravessou o vau de Jaboque. 23 Tomou-os, fez com que atravessassem o ribeiro e fez passar tudo o que tinha. 24 Porém Jacó ficou sozinho. E um homem pôs-se a lutar com ele até o romper do dia. 25 E quando viu que não prevalecia contra ele, tocou a junta da coxa de Jacó, e esta se deslocou enquanto lutava com ele. 26 Disse o homem: Deixa-me ir, porque o dia já vem rompendo. Porém Jacó respondeu: Não te deixarei ir se não me abençoares.

27 E ele lhe perguntou: Qual é o teu nome? E ele respondeu: Jacó.

28 Então disse: Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; porque lutaste com Deus e com os homens e prevaleceste.

29 Perguntou-lhe Jacó: Peço-te que me digas o teu nome. O homem respondeu: Por que perguntas o meu nome? E ali o abençoou.

30 Por isso Jacó deu ao lugar o nome de Peniel, dizendo: De fato vi Deus face a face, e a minha vida foi preservada.

31 E o sol nascia quando ele atravessou Peniel; e mancava de uma perna.


Exame/Confissão

Todo-poderoso e Pai extremamente misericordioso, nós erramos e vagamos
como ovelhas perdidas. Nós seguimos muito os dispositivos e desejos de nossos próprios corações. Nós transgredimos tuas leis santas. Fizemos o que não devíamos fazer e não fizemos o que devíamos. Por isso, estamos cansados e tristes. Mas tu, ó Deus, tenha compaixão de nós, pecadores miseráveis. Perdoa as nossas transgressões, pois a Ti as confessamos. Restaura o que é penitente, de acordo com promessas declaradas aos homens em Cristo Jesus, nosso Senhor. E concede, ó Pai, por Ele, que possamos viver uma vida santa, íntegra e sóbria daqui por diante, para a glória de teu santo e glorioso nome. Amém.


Salmo 121

Cântico de degraus

Elevo meus olhos para os montes;
de onde vem o meu socorro?
Meu socorro vem do SENHOR,
que fez os céus e a terra.

Ele não permitirá que teus pés vacilem;
aquele que te guarda não se descuida.
É certo que o guarda de Israel
não se descuidará nem dormirá.

O SENHOR é quem te guarda;
o SENHOR é tua sombra ao teu lado direito.
O sol não te prejudicará de dia,
nem a lua de noite.

O SENHOR te protegerá de todo mal;
ele protegerá a tua vida.
O SENHOR protegerá a tua saída e a tua entrada,
desde agora e para sempre.


Oração

Criador do céu e da terra,
nós confiamos em ti para nos manter sob os teus cuidados.
Guarda-nos do mal, proteja-nos do mal.
Ajuda-nos a conhecer-te, e conhecer-te para seguir-te,
para que todas as nossas idas e vindas possam estar de acordo com o teu propósito para nossas vidas,
por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.


Ofertório

Senhor Deus, guardião incansável do teu povo, 
estás sempre pronto a ouvir nosso clamor. 
Ensina-nos a confiar dia e noite em teu cuidado. 
Inspira-nos a procurar a tua justiça duradoura para todos os que sofrem, 
por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador e Senhor.
Apresentemos ao Senhor a oferta de nossa vida e de nosso trabalho.
Tudo vem de Ti, Senhor! E do que é Teu, a ti damos. Amém.


Evangelho

Lucas 18: 1–8

1 Jesus também lhes contou uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca desanimar: 2 Em uma cidade, havia um juiz que não temia a Deus, nem respeitava os homens. 3 Na mesma cidade, também havia uma viúva que sempre lhe pedia: Faze-me justiça contra o meu adversário.

4 E por algum tempo ele não queria atendê-la; mas depois disse consigo mesmo: Ainda que eu não tema a Deus, nem respeite os homens, 5 como esta viúva está me incomodando, vou fazer-lhe justiça, para que ela não venha mais me perturbar.

6 E o Senhor prosseguiu: Ouvi o que esse juiz injusto diz. 7 E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite clamam a ele, mesmo que pareça demorado em responder-lhes? 8 Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Contudo, quando vier o Filho do homem, achará fé na terra?


Credo Apostólico

Creio em Deus Pai Todo-poderoso, Criador do Céu e da Terra,
e em Jesus Cristo seu único Filho, nosso Senhor,
o qual foi concebido por obra do Espírito Santo,
nasceu da Virgem Maria,
padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos,
foi crucificado, morto e sepultado,
desceu ao Hades;
ressuscitou ao terceiro dia,
subiu ao céu,
e está sentado à mão direita de Deus Pai Todo-poderoso,
donde há de vir a julgar os vivos e os mortos.
Creio no Espírito Santo,
na santa Igreja Católica,
na comunhão dos santos,
na remissão dos pecados,
na ressurreição do corpo,
e na vida eterna.
Amém.


A Oração do Senhor

Pai nosso que estás no céu, 
santificado seja o teu nome.
Venha o teu reino. Seja feita a tua vontade,
assim na terra como no céu. 
O pão nosso de cada dia nos dá hoje,
e perdoa nossas dívidas,
assim como perdoamos os nossos devedores.
E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal.
Pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém.†


Segunda Leitura

2 Timóteo 3: 14–4: 5

14 Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido; 15 pois desde a infância sabes as Sagradas Letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. 16 Toda a Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; 17 a fim de que o homem de Deus tenha capacidade e pleno preparo para realizar toda boa obra.

4: 1 Eu te exorto diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, pela sua vinda e pelo seu reino, 2 prega a palavra, insiste* a tempo e fora de tempo, aconselha, repreende e exorta com toda paciência e ensino. 3 Porque chegará o tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, desejando muito ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo seus próprios desejos; 4 e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão para as fábulas. 5 Tu, porém, sê equilibrado* em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista e cumpre teu ministério.


Coleta

Onipotente e sempiterno Deus, que em Cristo tens revelado tua glória entre as nações. Mantém viva esta obra, por tua misericórdia, para que a tua Igreja pelo mundo inteiro persevere com fé inabalável na confissão do teu nome; mediante Jesus Cristo, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre. Amém.


Bênção

Que o vosso coração seja preenchido com amor pela Palavra de Deus.
Que vossas mentes habitem no Espírito da verdade.
Que vossas almas sejam humildes em obediência semelhante à de Cristo,
enquanto dedicais vossos corpos
no humilde serviço ao Reino de Deus.


Nova Versão Internacional: goo.gl/OLfBNh