Desafio do ano: Parte I

O início de um novo ano transmite para maioria das pessoas um sensação de renovação, oportunidade para recomeçar, corrigir erros, traçar planos e até mesmo concluir ou iniciar os itens que das listas anteriores nunca saíram.

Defini para mim que de 2015 em diante eu deveria ter mais ação e metas ao invés de meros planos e desejos anotados. Acredito que cumprindo um desafio por ano ajudará a conseguir todas os outros objetivos com mais facilidade e possibilidade de êxito. Habilidades essenciais, como por exemplo disciplina, concentração e definição de metas, estarão em constante treinamento. Não só erros dos anos anteriores serão corrigidos como também novas habilidades adquiridas.

Desse modo, estabeleci que meu único desafio para o ano de 2015 seria ler um livro por mês (totalizando 12 por ano)!

O problema

Parece pouco? Para mim o suficiente para um desafio. Eu gosto de ler, escrever, mas durante 365 dias eu sempre enfrento algumas dificuldades como:

  • Falta de concentração
  • Ausência de disciplina
  • Ansiedade
  • Procrastinação
  • Múltiplas idéias sem concluir ou reaproveitar nenhuma
  • Pensamento constante e fora de controle
  • Branco ou trava criativa.
  • E muitas outras…

Isso me ocorre em diversas situações e percebi que os problemas acima me trazem muitas conseqüências. Por exemplo, inicio a leitura de um livro e na afobação de ler mais livros começo outro sem concluir o anterior. No final das contas, em um ano eu não li livro nenhum por completo e muitas vezes sequer pela metade.

Esse é um exemplo dos muitos vividos, que evidenciam ansiedade, confusão e quão pernicioso é a auto sabotagem que fiz em diversos momentos e assuntos, e pior que o acontecimento é como nos sentimos: Mais ansiosos, mais tristes por não conseguir concluir nada, pensamentos e lembranças que chegam a toda hora, um redemoinho e você lá no meio.

Ao ler um livro por mês pretendo principalmente corrigir os itens citados na lista de problemas e ainda alcançar os itens abaixo, uns são para corrigir conseqüências dos problemas citados anteriormente e outros são para aumentar habilidades:

  • Aumentar vocabulário e melhorar a expressividade (saber o que se quer dizer não adianta muito se não sabemos como expressar o que sentimos)
  • Aprimorar habilidades de escrita (gosto de escrever, mas perdi aos poucos expressividade)
  • Melhorar e corrigir erros gramaticais (odeio gramática, mas com a leitura regular se aprende gramática por osmose e facilita a identificação de erros)
  • Dar asas a imaginação e criatividade (A arte e o contato com a cultura trás paz e conhecimento)
  • Melhorar interpretação textual e de ideias (Ler torna o aprendizado contextualizado e a mente mais aberta)
  • Desenvolver a leitura de um livro por mês como um hábito e não como um desafio.

Como coloco em prática o desafio

  • Não basta escolher um livro. É preciso saber escolher os livros: Pensar na quantidade páginas, gênero, linguagem do autor e etc. Os detalhes fazem diferença e eu prefiro me desenvolver aos poucos de forma permanente: Começar pelo mais fácil e treinar progressivamente para o mais difícil.

Ex.: Começar por um livro que contém muitas páginas pode ser desanimador e dar mais ansiedade por ver longe o seu término. Melhor deixar estes para quando concluir pelo menos a leitura do segundo livro.

Para quem vive procrastinando a sensação de ter concluído algo com êxito faz muita diferença.
  • Ter metas e disciplina, pois são elas que vão me fazer alcançar o resultado do desafio mês a mês. E ainda, um hábito é construído por ações diárias.

Ex.: Ler 10 páginas por dia, ler 1 capítulo por dia, etc.

  • Escolher um local e ambiente tranquilo para ler. De preferência não faço duas coisas ao mesmo tempo. Por exemplo, Ler e ouvir música. Ao fazer duas coisas ao mesmo tempo dividimos a atenção e por mais que queiram nos enganar: nós não somos multi tarefa. Fazer uma coisa de cada vez dá mais qualidade ao que está sendo feito pois estamos empregando todos os recursos ali. Concentro-me na sua leitura e faço pausas para pensar no que li.
Leitura é uma habilidade e como qualquer outra ela está sendo treinada. Procuro respeitar o tempo da minha evolução.

O Primeiro mês

Para começar o desafio de um livro por mês resolvi ler um livro de contos de Machado de Assis. O livro editado pelo projeto “De mão em mão” da prefeitura de SP contém 10 contos: Missa do galo, Uns braços, A cartomante, O relógio de ouro, Cantiga de esponsais, A igreja do Diabo, Conto de escola, O enfermeiro, Capítulo dos chapéus, O espelho.

Eu tinha a meta de ler três contos por semana para cumprir o objetivo de terminar esse livro em um mês. Mas não consegui terminar por falta de disciplina, conclui a leitura do livro em 1 mês e 20 dias.

O prazo não foi alcançado mas já percebi o quanto foi importante ter feito isso e os benefícios que adquiri. Ao terminar de ler o conto e ter pensado sobre ele, eu sempre pesquisava resenhas, análises e opiniões de críticos. Essa foi uma forma de confrontar com as minhas conclusões e entender em mais profundidade a obra, o autor, o contexto histórico e social.

Os contos que mais gostei e/ou os quais Machado de Assis me surpreendeu em algum momento da leitura: O Relógio de Ouro, Uns braços, Conto de Escola, A igreja do Diabo, O enfermeiro.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.