Sobre Racismo, Mestiçagem e Fraude

Grilhões utilizados durante a escravização negra no Brasil.

O fenômeno social da raça no Brasil se caracteriza por relações assimétricas de poder. Uma assimetria que dispõe nossa sociedade em camadas hierárquicas, na qual pessoas lidas socialmente como brancas estão proporcionalmente em posição econômica, educacional e cultural melhor que pessoas lidas socialmente como negras.

Tudo isso decorre principalmente de fatores históricos, tais como a escravização negra e a forma de miscigenação forçada por políticas Estatais praticadas no Brasil do séc XIX.

A assimilação pelos brasileiros de padrões sociais europeus de comportamento, de estética, e práticas sociais perverte nossos gostos para o oposto do que somos uma vez que somos um país majoritariamente negro.

Assim, o racismo à brasileira, é um racismo ao mesmo tempo eficiente pois violenta e marginaliza efetivamente pretos e pardos, mas também perverso a medida que é camuflado por muitos por um discurso da mestiçagem.

Somos mestiços sim, mas isso terminantemente, não reduz os efeitos do racismo.

Tragicamente, para os que experimentam o fato social de ser negro, existem mais adversidades a enfrentar para se estabelecer socialmente e manter-se saudável em nossa sociedade.

O racismo portanto opera limitando oportunidades, fechando portas e classificando erroneamente as pessoas. O Estado, por meio de políticas de ação afirmativa, é o principal agente com condição efetiva de combater esse processo.

Felizmente alguns agentes públicos progressistas já demonstram entender isso:

Felipe Fritz Braga, procurador da República, afirma que impressiona a quantidade de candidatos que concorrem indevidamente às cotas: “A verificação de veracidade é um pleito dos próprios movimentos negros. A irresignação contra a verificação vem de brancos. A autodeclaração na lei de cotas diz respeito ao fato social de ser negro. Não diz respeito a uma identidade, mas a um fato social, reconhecível pela própria sociedade,”afirma.

Quando se frauda uma ação afirmativa de reserva de vagas para negros se comente um crime contra todo um povo que já está preso dolorosamente a âncora de todos os dilemas sociais.

Like what you read? Give Danilo Lima a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.