Não sou boa com títulos.

Seu amor racional.
Mesmo se estivesse no chão não seria a mesma coisa

O mesmo que sentir todo o amargo indo embora
Em dias que o toque nunca fez tanto sentido
Em horas que passavam, e noites que viravam dias
O que era pra ser pra sempre nunca foi suficiente.

Um café, um cigarro e um batom vermelho.
Eu parei e pensei, e deixei ir.
Mas não foi.
Obrigada.