Despair

Despair — Edward Munch (1892)

Fui atacado por uma incoerência,
que faz de mim o refém.
Faz de mim mera sofrência.
Depois vai embora, sem avisar.
Me falta algo, para falar.
Me fale algo, para não faltar.
Sou outro estrago,
não estou ligado
no que faltou:
com quê rimar?

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Lucas Guarnieri’s story.