Muito obrigada por ter lido o texto e pelo seu comentário.
Bia Laere
1

Bom dia, Bia!

Este é um diálogo que anima a caminhada. Grata.

Quantas vivências se apresentam…. Sempre acreditei que na escola seja possível ser feliz e desenvolver-se de forma saudável. Vivi em minha trajetória situações que marcaram e que apesar de terem sido difíceis fortaleceram a personalidade e criaram desafios para buscar estas mudanças, quando as oportunidades se apresentaram.

Não sei em que lugar você está, mas conheço sim, diversas instituições que trazem propostas, que em um clima de respeito e liberdade são locais nos quais o clima é de parceria e cooperação.

Um projeto que tem chamado minha atenção é o Projeto Âncora em Cotia, baseado na metodologia da Escola da Ponte, mas tenho outras tantas indicações…

Bia, se você desejar marcamos um café para uma conversa… rs e aí podemos entender porque penso que a hierarquia seja necessária… mas qual hierarquia! Estou em São Paulo.

Não desanime, pois precisamos de educadores que abram trilhas, que se transformam em vias de mudança…

Um abraço

MCecilia

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.