[Compre livros]

Há um tempo, Pedro Bial nos pediu que usássemos protetor solar. Hoje, eu -que estou longe de ser Bial -, peço: compre livros. Não importa o que aconteça. Se você se considera leitor ou não, se gosta ou não gosta de ler, compre livros.

Compre livros para dar de presente. Compre livros para ler. Compre livros pela capa. Compre livros pelo título. Compre livros para decorar a estante. Compre livros pelo autor. Compre livros de ficção. Compre livros de não ficção. Compre livros de literatura brasileira. Compre livros de autoajuda. Compre livros de negócio. Compre livros no aniversário. Compre livros no Natal.

Compre livros.

Compre livros porque sim. Compre livros porque o Brasil é um país de não-leitores. Compre livros porque ler ficção faz bem e promove empatia. Compre livros porque autoajuda conforta e custa pouco. Compre livros porque poesia acalma e ensina novos usos para palavras de todo dia. Compre livros porque são livros. Compre livros porque são baratos. Compre livros porque 20 lojas da Saraiva fecharam. Compre livros porque a livraria Cultura entrou com pedido de recuperação judicial. Compre livros porque a Saraiva entrou com pedido de proteção judicial. Compre livros porque a Fnac encerrou as atividades no Brasil.

Compre livros.

Compre livros e salve os livreiros. Compre livros e salve os editores. Compre livro e salve os autores. Compre livros e salve os livros.

As livrarias estão a perigo no Brasil. As editoras também. Os livreiros também. Os autores também.

Comprar um livro pode ajudar. E muito. Compre livros e, se não for pedir muito, dê preferência às livrarias físicas.