Jean Valjean é melhor naquilo que faz. Snikt.

Num país de elites corruptas, os Robespierres de calçada…

Num país de elites corruptas, a maior hipocrisia vem das pessoas de bem que cobram honestidade do povo.

Esses hipócritas não aceitam que o povo seja filha da puta.

Não aceitam que o povo tenha que apelar à corrupção para viver num país em que as elites são corruptas.

Em resumo, essas pessoas de bem esperam que o povo aceite ser esfolado ainda mais.

E na fila.

E sem fazer bagunça.

E se encerrar o expediente, só amanhã.

Num país onde as elites são corruptas, as instituições (seguir as leis) são uma mistura de tripé macroeconômico com esquema de pirâmide.

Ou seja, se tudo estiver correndo bem (tripé macroeconômico favorável, como se dizia no tempo do FHC) e você tiver pego as primeiras senhas (esquema de pirâmide), você terá a chance de ser atendido hoje.

Tudo no Brasil parece esquema de pirâmide e talvez seja mesmo.

A corrupção do pobre e do sem poder sempre foi uma forma de hedge contra a corrupção dos poderosos, da elite.

Machado, que viu a transição da monarquia para a república observava isso de alto a baixo.

Aliás, um ponto positivo da aristocracia, da monarquia e do Antigo Regime era o entendimento de que não se deve cobrar moralidade do povo, e que são os representantes, a elite, que deve mostrar como ser moral.

O republicanismo virou um fachada, um meio de Robespierres de calçada cobrarem tudo dos pobres, de não molhar a mão do guarda a não jogar lixo na rua, como se o pobre pudesse arruinar um país como suas elites arruínam.