Quando o reino é o próprio umbigo

Por Marisa Fonseca Diniz

Você permitiria que uma criança de seis ou quatro anos mandasse na sua casa, na sua vida e quando fosse visitar um ente querido se sentisse a vontade para fazer o que bem entender sem se importar em respeitar as pessoas? Pode parecer estranha esta pergunta, mas saiba que a permissividade de muitos pais tem criado tiranos infantis, que se sentem a vontade para fazer o que bem entendem, seja em casa, na escola, na rua ou em qualquer lugar sem se importar com o que os outros vão falar, pois eles são mais importantes do que tudo que está à volta.

A repressão educacional dos avós no passado fez com que uma geração de filhos fosse criada sem limites acreditando que a disciplina pudesse traumatizar e frustrar as crianças quando adultas, porém os filhos dessas gerações têm criado filhos sem nenhuma disciplina, limite ou respeito, sendo tudo permitido.

Atualmente, os pais da nova geração acredita que por ficarem muito tempo fora de casa devido suas atividades laborais, o melhor a fazer é permitir que seus filhos façam tudo que desejam confundindo liberdade com indisciplina. Outro quesito equivocado para suprir a falta de tempo com os pequenos tem sido presentear os rebentos com tudo aquilo que há de melhor e mais caro no mundo, tais como brinquedos, tecnologia, viagens, entre outros, a fim de não se sentirem culpados no futuro e as crianças não se sentirem frustradas por não conseguirem realizar seus desejos.

Atitudes inconsequentes dos pais tem feito com que os filhos da nova geração sejam crianças sem limites, indisciplinadas, rebeldes, manipuladoras, desrespeitosas, mimadas, birrentas e mal educadas. Crianças cada vez mais novas, como exemplo do começo deste artigo, vêm se tornando tiranas por falta de comprometimento dos pais em amá-las e educá-las, porque permitir que elas façam tudo sem direção não é uma demonstração de amor, e sim de falta de responsabilidade dos pais.

Aqueles que deveriam ser responsáveis pela educação básica e familiar dos filhos… acesse este link para continuar a leitura, pois o artigo possui Direitos Autorais.

Marisa Fonseca Diniz é Comendadora, Fundadora & CEO da D&K Negócios, Intermediação e Consultoria (América Latina), Editora e Escritora da MD Networking (USA), Escritora na Medium Corporation e beBee Affinity Social Network, SL. Recebeu prêmios de reconhecimentos pela IBSO de Israel em 2014, 2015 e 2016. E em 2015 recebeu a Comenda de Honra ao Mérito por Networking Construção Civil da Associação Brasileira de Liderança do Brasil.