Como fazer um vídeo em Whiteboard Animation ou “Animação em Quadro Branco”

Vídeo em Whiteboard Animation que fizemos para o Ministério do Meio Ambiente.

Explicar um conceito pode ser difícil usando apenas palavras, daí temos até a provocação: “entendeu ou quer que desenhe?”. O dito popular, embora severo, explica bem o valor de boa parte dos vídeos feitos em Motion Graphics. Ou seja, em termos de comunicação, a resposta do público quase sempre é: “sim, quero que desenhe”.

Ao fazer um vídeo em Whiteboard Animation ou “animação em quadro branco”, este princípio é realizado de forma praticamente literal, e o formato tem sido a preferência de diversas marcas de todos os portes, justamente por sua grande eficácia em explicar conceitos, ideias e produtos, além de muitas outras vantagens.

Por isso, se você pensa em utilizar este estilo para seus negócios e gostaria de entender o processo de produção, fique atento aos 7 passos para fazer um vídeo em Whiteboard Animation de forma simples e efetiva.

Então vamos lá!

Uma curiosidade: Como surgiu o estilo “Animação em Quadro Branco”?

Um dos primeiros vídeos feitos com tela branca a viralizar foi o famoso “Story of Stuff”, de 2007, primeiro de uma incrível série educativa sobre problemas de nossa era, tratando de temas como meio ambiente, ativismo, consumismo, entre outros.

Mas o estilo tomou corpo e popularizou-se mesmo a partir de 2010, na febre dos vídeos chamados Draw my life, que é quando uma pessoa conta a sua vida enquanto faz desenhos sincronizados em uma folha de papel ou quadro branco. Se você escrever “Vídeo em Draw my life” no Youtube, vai encontrar muitos e muitos vídeos assim, de pessoas comuns e também de famosos.

Assim como toda boa novidade no mundo digital, aos poucos o estilo foi incorporado às estratégias de empresas, com exemplos para público interno ou para público externo, e corresponde hoje a um formato bem popular dentro das muitas tendências de Motion Graphics.

Agora que você já sabe como surgiu a “Animação em Quadro Branco”, confira abaixo os 7 passos para ter bons resultados em vídeos neste estilo.

1. Comece pelos objetivos do vídeo em Whiteboard Animation

Ter clareza dos objetivos, antes mesmo de iniciar o projeto é fundamental para que ele atinja excelentes resultados. Para construir uma boa estratégia e colocá-la em prática, faça alguns questionamentos, tais como:

A) Quem assistirá ao vídeo?

Definir o público do seu vídeo é essencial para decidir o que, quando e como será falado.

B) Qual mensagem pretendo passar?

Apenas com a mensagem bem delimitada é possível prosseguir com o processo de produção do vídeo em Whiteboard Animation.

C) Em qual momento da compra o cliente se encontra?

A forma de se falar e as informações passadas diferem em cada ponto do funil de vendas que o público se encontra.

D) Qual efeito ou ação imediata gostaria de causar com o vídeo?

Dependendo do efeito ou ação desejados, o Call To Action (ou “Chamada para Ação”) deve ser ajustado, inclusive fazendo mais de uma versão para o vídeo.

É importante entender que você, como gestor ou profissional de marketing, deve procurar contribuir com a sua visão de negócio e objetivos gerais da comunicação. Assim a produtora de vídeo parceira poderá direcionar o projeto de vídeo com efetividade (confira os próximos passos para entender melhor este aspecto).

2. Encontre uma Produtora de Vídeo especializada em marketing e resultados

Para que o resultado final do projeto seja satisfatório e os objetivos alcançados é preciso contar com o apoio de uma produtora de vídeo que possua experiência em marketing, vendas e orientada para resultados, além é claro de uma excelente qualidade técnica.

Ou seja, a regra de ouro é fugir das produtoras que são meras “fazedoras de vídeo”, algumas que nem sequer tomam conta do roteiro (a parte mais importante do projeto), e que não poderão fazer os direcionamentos para os objetivos do negócio.

Assim, para escolher uma produtora de vídeos que vai resolver a sua demanda, algumas perguntas devem ser observadas:

A) A produtora tem portfólio?

Confira se os trabalhos já realizados pela produtora comprovam a qualidade técnica necessária para realizar um projeto de vídeo em Whiteboard Animation.

B) A produtora é especializada em marketing e vendas?

Apenas uma produtora especializada em marketing e vendas conseguirá garantir que terá os resultados necessários.

C) A produtora possui um porte razoável para a missão?

Não adianta a produtora falar que vai fazer, mas, mesmo com toda boa vontade, não entregar dentro do prazo. Principalmente se o que você quer vender é algo inovador, o timing pode fazer toda diferença.

D) O atendimento da produtora é profissional?

É importante que a produtora de vídeos possua um atendimento profissional desde o início, pois nas fases iniciais (antes mesmo da contratação) decisões importantes são tomadas.

3. Roteiro do vídeo em Whiteboard Animation

Se as etapas anteriores foram bem realizadas e você já tem: a) os objetivos claros e b) um bom parceiro para a produção do seu vídeo, a partir de agora vai precisar apenas aprovar os materiais que forem enviados para você.

Como sempre gostamos de frisar, o roteiro tende a ser a parte mais importante de todo o processo. Para entender este ponto, pense da seguinte maneira: um roteiro excelente salva um design mais simples, enquanto um design avançado não salva um roteiro ruim.

Mas o que é um roteiro de vídeo? Este é um documento organizado em duas colunas, de um lado tem a parte da locução, do outro é descrito tudo que vai aparecer na tela a todo momento. Assim, lendo o roteiro com atenção você já terá uma boa ideia de como o vídeo vai ficar.

4. Storyboard com os desenhos em quadro branco

Com o roteiro aprovado, a produtora de vídeo irá iniciar as ilustrações propriamente ditas.

Assim, o storyboard corresponde ao roteiro, com a adição das ilustrações que vai aparecer a cada momento. Em outras palavras, o storyboard já é algo bem parecido com o vídeo, porém ainda sem movimento.

5. Aprovação do vídeo em Animação no Quadro Branco

Como cada fase de produção se sobrepõe à anterior, se o roteiro e o storyboard foram aprovados com atenção, você certamente não vai ter surpresas ao receber o vídeo finalizado.

Assim, deverá apenas fazer uma conferência final e aprová-lo.

6. Distribuição do vídeo

Com todas estas etapas concluídas, chegou a hora de mostrar o vídeo para o mundo. Para isso, é importante ficar atento às muitas maneiras de divulgar vídeos na web e fora dela.

Em algumas plataformas, é possível fazer anúncios pagos para alavancar rapidamente o alcance dos vídeos e assim conseguir ótimos resultados no curto prazo. Fizemos postagens completas sobre as principais, que você pode conferir aqui: Facebook, Youtube e Instagram.

Além disso, fique atento aos conceitos de Video SEO, para otimizar vídeos e páginas com vídeos para buscas orgânicas, o que poderá abrir canais poderosos de entrada e que escalam com o tempo.

Por fim, é sempre válido ficar atento à Batalha pelos Vídeos na Internet, para aproveitar cada diferencial em benefício do seu negócio.

7. Mensuração dos resultados

O que é resultado se você não medir, não é mesmo? Este é o momento de analisar se o vídeo conseguiu alcançar todos os objetivos idealizados no começo do processo. Para isso, as plataformas web oferecem excelentes formas de mensurar métricas e poderá acompanhar as mais relevantes para o seu negócio.

Já no caso de vídeos internos, os resultados são ainda mais amplos e diversos. A dica aqui ainda é a mesma: tenha sempre em mente os objetivos iniciais do vídeo e procure maneiras objetivas de medi-los.

Esses são os 7 passos para fazer um vídeo Whiteboard Animation de sucesso. Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente!

E não se esqueça de compartilhar com colegas, clientes e amigos. Até a próxima!

Publicado originalmente em: http://www.matildefilmes.com.br/como-fazer-um-video-em-whiteboard-animation-ou-animacao-em-quadro-branco/