Soneto de Lugar Nenhum

Eu já tive um lugar pra chamar de meu

Lá eu era bem-vindo

Ele ficava bem longe do breu

Mas na realidade, ele era seu.


Lá eu me sentia de casa

Como um pássaro

Longe da gaiola

Livre para bater asa.


Lá a gente cantava

Com você eu dançava

E batucava.


Mas a lugar nenhum eu pertenço

Eu me perdi no que é seu

Por que eu não tinha bom senso.