Domingo na Casa abre os trabalhos de 2016 com 5 pra 1 e Drik Barbosa

por Thaís Tostes fotos Mídia NINJA

No ano em que completa uma década de existência, a rede Fora do Eixo realizou, em São Paulo, a segunda edição paulista da festa TropikAll Vibez. O evento estrondoso, que mixa as vibes do Rio e de Sampa, reuniu mais de 600 pessoas, no primeiro Domingo na Casa de 2016.

O line up foi composto por nomes como 5 Pra 1 (grupo de rap bombástico, apadrinhado pelos Racionais MCs e da mesma produtora dos trutas, a Boogie Naipe), Drik Barbosa (que manda muito no mic), K-Mina, Mob79, Kawo e Diniboy. “Pra gente, fazer show aqui na Casa Fora do Eixo, no Domingo na Casa, é uma honra.

A TropikAll Vibez é uma festa consolidada, e por meio dela a gente consegue mostrar nosso trabalho pra mais pessoas. Tem fãs nossos aqui hoje [no domingo], e têm pessoas que estão conhecendo o nosso som nesta festa. O resto é história! Obrigada a todos do Fora do Eixo!”, comentou um dos MCs do 5 Pra 1, DJ Will.

Num set formado por canções do EP Kush & Garotas (2014) e do disco super novo, Goodfellaz (2015) — que conta com participações de Ice Blue e KL Jay (pai de Will), ambos dos Racionais -, o 5 pra 1 subiu no palco da Casa Fora do Eixo com o peso dos vocais de Will, Renan Saman, Filiph Neo e Dee e das pick-ups do DJ Murillo. No backstage, marcou presença um dos nomes da Boogie Naipe, o produtor Kaire Jorge, que produz a carreira solo do pai (o Mano Brown) e os Racionais.
“É a primeira vez que eu venho aqui na Casa Fora do Eixo. Nem sabia da festa, na real. E achei louco — bem louco! — o pico! O pessoal que está aqui, hoje, é bem rua; gosta de música, de rap. E hoje em dia muita gente gosta de rap. Então, tem que ter cada vez mais festas assim. Pra divulgar a nossa cultura, divulgar o nosso trabalho.Pra quem está chegando ter a oportunidade de mostrar seu trabalho. Pra haver espaço pra todo mundo! Curti! Dahora!”, disse Kaire.

Em meio ao público que esteve na festa, marcou presença a banca de meninas Trash Girls, formada por Thais Esteves, Bruna Venâncio, Nayeme Castellano, Latifat Campbell e Gabriela Gaioso, que comentou:
“Eu nunca tinha vindo aqui no Domingo na Casa, mas minhas amigas já. A gente viu que ia ter um lance bacana. Eu sou amiga da Drik, e conheço o 5 Pra 1. Resolvemos curtir esse rolê, um showzinho, num domingão de sol. Bacana! Muito incrível essa casa. São várias ideias rolando. A gente sente essa casa como nossa casa! É um pico bem alternativo, que te deixa à vontade e onde você pode chegar independentemente do seu estilo”.

A banca de rap Mob79 contou, nos bastidores: “É a primeira vez que tocamos na Casa. Conhecemos o Hanier Ferrer [idealizador da TropikAll Vibez] na primeira edição da festa em São Paulo. Mandamos o som pra ele, ele curtiu e chamou a gente pra estar aqui nessa segunda edição”.

Hanier, que assina o Kawo, afirmou que tem como projeto a expansão da TropikAll Vibez para um maior número de pessoas. A festa que já teve 36 edições tem também a propensão de se consolidar como um grande espaço de debate político, como explicou Hanier.
“Eu já estava querendo, há um tempo, fazer uma segunda edição da TropikAll aqui em Sampa. Estava desenrolando com algumas casas, mas elas colocaram alguns entraves. Falei com o Fi [Felipe Altenfelder, integrante do Fora do Eixo] e fechamos esta edição, que foi muito foda! A ideia é expandir a festa para mais pessoas, e para que pessoas de outros Estados, que curtem as culturas bass, hip hop e funk, possam conhecer o evento. A maioria das pessoas que colam nas festas são de origem periférica e quase todas são negras. E queremos pautar esse lance de que a não é só a festa pela festa. Tem a diversão, é claro, mas tem a parte política, que a gente quer mostrar”.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Mídia NINJA’s story.