ANEXO 9: JB PAGA PROPINA A TEMER DESDE 2010

O empresário Joesley Batista acusa o presidente Michel Temer de pedir pagamentos que variam de caixa 2 de campanha a mensalinhos.

O executivo da multinacional JBS, Joesley Batista, afirmou em delação premiada que Michel Temer (PMDB) pediu propina desde o ano de 2010.

O peemedebista pediu 3 milhões de reais, divididos em 2 parcelas, a primeira de 1 milhão, feita via doação oficial, e a segunda de 2 milhões, via caixa dois, através de uma empresa de Temer.

Neste mesmo ano, Temer ainda solicitou outro pagamento, esse no valor de 240 mil reais.

Temer ainda recebeu propina para facilitar a federalização do sistema de inspeção animal, após a saída de Wagner Rossi do Ministério da Agricultura. O presidente ainda recebeu quantia de 100 mil reais de “mensalinho” para a ação.

Batista afirma que Temer pediu novamente valor de propina em 2012, para a eleição de seu aliado de partido, Gabriel Chalita, na corrida para a prefeitura de São Paulo. Desta vez, o valor foi de 300 mil reais.

Antes de assumir a presidência via um golpe, Temer convidou novamente Joesley para uma reunião, em que pediu 300 mil reais em propina, dessa vez para marketing pessoal, pois sofria diversos ataques à sua imagem na internet.

A entrada no poder alterou a interlocução com a empresa, que passou a ser realizada por Geddel Vieira Lima, que posteriormente caiu após escândalo.

Sua saída alterou novamente a interlocução, assumida então por Rodrigo Rocha Loures. Apesar disso, Temer tratou diretamente a antecipação da queda do juros e a propina para o ex-deputado Eduardo Cunha, a fim de que ele permanecesse em silêncio.

Por fim, Temer intercedeu no CADE para que a Petrobrás perdesse o monopólio de fornecimento de Gás para uma empresa do Grupo JBS. Dessa forma, o lucro advindo da alteração para a empresa teria uma margem de 5% destinada ao presidente, sendo que poderia ser acrescida margem ainda maior caso permanecessem intercedendo com sucesso em favor da multinacional.

As informações foram divulgadas pelo portal de extrema-direita O Antagonista, e posteriormente pelo colunista Fausto Macedo, do jornal O Estado de S.Paulo.

  • Anexos da delação premiada vazados pelo portal de extrema-direita O Antagonista na madrugada desta sexta-feira e confirmado pelo blog FAusto Macedo, do jornal O Estado de S. Paulo.
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.