Nuvens de palavras para iluminar a conversa

Selma Vital
Oct 19, 2018 · 4 min read

Pra começo de conversa…

Tenho pensado muito sobre isso. Isso o quê? Conversa, mesmo!
Tanto que o último post do blog da Claraboia foi nessa linha. Trata da nossa recente obsessão com a comunicação rápida, por meio de textos curtíssimos, que pode estar aumentando a falta de assunto geral.
Se vocês não leram o post Conversar, debater, argumentar: seus alunos sabem? estão convidadíssimos a ler (ou a ouvir!) . Encorajo todos a opinarem e sugerirem formas de levarmos essa ‘missão’ adiante.

É o que esta newsletter (11) tenta fazer na edição de hoje.
Você usa ou conhece as nuvens de palavras? As chamadas ‘word clouds’ têm sido utilizadas de formas e com finalidades distintas: na educação, no meio corporativo e até como entretenimento em família e grupos comunitários em geral. Pode ser uma forma de ilustrar e estimular a conversa!
Mas se tecnologia não for uma opção, as fichinhas de papel-cartão ou cartolina podem dar conta do recado. Confira essa ideia adaptada do jogo Family Talk.

Por fim, se você perdeu o webinário do dia 26 de setembro mas gostaria de saber o que rolou, ainda pode acessar o link para assistir no youtube. Da minha parte, posso te dizer que apesar do medinho característico quando a gente experimenta algo novo, curti muito a experiência.

Espero que você goste da newsletter de hoje e não se esqueça de ver tudo com imagens, para ficar mais legal. Por falar nisso, se você tem colegas que podem se beneficiar dessa newsletter, envie a eles este link http://eepurl.com/dqOqC5 para que possam assiná-la.

Lembrem-se que assinantes terão acesso gratuito ao primeiro módulo do curso A Leitura das Imagens (em cinco atividades práticas) a ser lançado este mês.

Boa leitura a todos!

Com a wordart.com criei esse guarda-chuva com palavras-chave escolhidas por mim. O site está em inglês mas você pode colocar as palavras em português como eu fiz. E há algumas opções de personalização fáceis de usar. Se não quiser salvar as imagens, é possível acessar sem fazer log in.
Os alunos podem trabalhar em grupos e então cada grupo escolhe um formato de nuvem (há vários) e constroi a sua com assuntos sobre os quais querem conversar. Depois as nuvens são colocadas em votação e os temas da nuvem vencedora da semana serão discutidos. É um ótimo quebra-gelo para que os alunos se conheçam no começo do ano assim como pode servir para discussões específicas. Você cria as regras.
Uma boa ideia também é usar o wordart para introduzir um novo tópico, checando as palavras que lhes vêm à mente sobre determinado tema. Exemplo? Um autor, um ponto geográfico, uma substância química…Neste caso, você constroi a nuvem com eles, que será mostrada na sua tela em frente à classe.
Há outros sistemas e ideias sobre os quais podemos falar nas próximas newsletters. Acompanhe!

Esse joguinho americano propõe exatamente o que buscamos aqui: iniciar uma conversa. O foco é ajudar famílias a terem sobre o que falar quando estão juntos, na hora do jantar, por exemplo. Apesar de ser meio triste pensar que isso seja necessário, na realidade muita gente prefere ‘conversar’ com quem não está na sala, por meio do celular, do que investir num papo com quem está ao redor.
Mas isso é tema para outra newsletter e muitos posts. Hoje vamos tentar reproduzir o jogo na sala de aula. Uma forma bacana é fazer as fichinhas com seus alunos (elas podem ser furadas e colocadas num tipo de chaveiro como o da foto ou vocês podem criar outra maneira como o sorteio das fichinhas, por exemplo).
Dependendo do número de estudantes cada um pode contribuir com duas ou três fichinhas. Em cada uma delas, há um balãozinho com uma sugestão de conversa: Que filme marcou sua vida? Quem é um exemplo de ser humano para você? O.K. essas são minhas ideias mas de acordo com o joguinho, as conversas podem ser bem mais básicas, tipo, qual era seu bichinho de pelúcia favorito? :)
Assim, dependendo da idade e nível dos alunos, as questões podem ser mais simples ou mais complexas. Você pode preferir trazer suas próprias fichinhas a princípio, para só depois abrir à colaboração de todos.
Como sempre, vale pensar nessa atividade para ser feita de forma interdisciplinar também.
O importante é começar!

Segunda chance para ver o primeiro webinário!

O primeiro webinário da Claraboia, Educação, Tecnologia & Afetos: Interagindo com a Geração Z ainda pode ser visto nesta versão de 50 minutos. Se gostar, compartilhe o link com pessoas que se interessem pelo tema. Obrigada a quem assistiu ao vivo e a quem pensa em dar uma espiadinha agora!

Publicado originalmente em eepurl.com.

Se quiser assinar a newsletter para receber somente um email (quase) semanalmente, faça isso aqui.

Mas se não quiser mais conversa com a Claraboia e mesmo assim curtiu este texto, deixe seus aplausos para dar mais visibilidade ao texto e ajudar meu projeto. Nesta parte aqui, por favor visualize meus agradecimentos sinceros!

Selma Vital

Written by

Sou jornalista, professora e no caminho de ser empreendedora. Conheça meu mais novo projeto https://claraboiacursos.com/

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade