Recomeçar…

Deixar o ego de lado…os medos…a ansiedade.

O desejo de aprovação, o pânico da rejeição.

Respirar fundo e dar mais um passo, ou ainda, dar o primeiro passo…

Encontrar a sua voz interior…deixá-la sair, se fazer conhecer.

Às vezes o cansaço é tão grande, quase do mesmo tamanho do desespero, mas não há como parar…

Só há uma saída: prosseguir…insistir.

Engolir o medo, o choro e olhar à frente!

É lá que se encontra o nosso objetivo.