Então, como tem sido a vida ?

Como cidadão de bem eu vejo o mundo sujo, agora eu quem fico preso dentro de casa consumindo minhas drogas legais pela lei, produzidas por mãos de obra barata. exploração total.
 Atrás de milhões de pixels eu abandonei milhões de estrelas. Meu novo hobby é ser juiz nas horas vagas, alimento meu ego postando mensagens que não significam nada pra mim e fotos.

Os anjos desistiram de nos, os demônios desistiram. Criamos um sistema onde não precisamos deles, somos os demônios bons e anjos perversos. Consumimos o mal, consumimos a escravidão, consumimos a adoração, e mesmo aquele que se diz não querer provar nada pra ninguém, está tentando provar dizendo isso. Seja no modo de falar, de se vestir, de ouvir determinado gênero, de andar, aceitar o que a mente nega, negar o que a mente aceita. Buscando aprovações e ofuscando o brilho dos olhos com o brilho das telas. Ofuscando o brilho dos olhos por outros brilhos de olhos mais "refinados". Ate a vida pacata tem sido corrida. Nos cidadãos de bem devemos nos comover a cada notícia triste para provar nossa compaixão, devemos nos revoltar a cada historia mal contada. devemos ajoelhar e chupar o pau do sistema e aceitar que gozem de nossa cara, ou melhor ... Gozem na nossa cara.

Estude, estude, trabalhe, trabalhe, trabalhe para estudar mais, se renda ao amor que nem é tão amor, talvez medo da solidão. Julgue, se posicione no " se fosse comigo". Se renda aos rótulos, e acredite neles assim como o nome "santos" e "santas" cristãos mesmo sabendo sobre a historia da santa inquisição, tendo "santa" no nome.

Nesse planeta terra reside bilhões de universos e é dessa forma que nos enxergam quando de um mundo distante do nosso nos enxergam. Uma estrela, nos olham e vêem o reflexo de deus, de anjos e demônios procurando a razão e se esquecendo do que somos por natureza, um animal. Dando ouvidos aos nossos demônios nas horas erradas.
Parando pra pensar, talvez um cidadão de bem seja só mais uma forma hipócrita de ser um anjo mal sem precisar cair dos céus.
A vida tem sido turbulenta, meu medo tem sido a maior emoção quando se trata de amor. A indiferença pra vida tem me consumido. Eu cheguei a conclusão que o amor e a família é uma das coisas mais importantes, então se você não ama a sua, crie a sua. Seja la como for seu ponto de vista em relação a família. Os universos tem se colidindo desde que nos tornamos racionais.

A vida continua junto da morte. O sangue é o mesmo.

(Poema)

Meninos tóxicos 
Contaminam a atmosfera

A fruta do conhecimento nos trouxe dor 
E se não foi ela fomos nos

A culpa é da tentação ou do instinto ? Se ser tentado faz parte do “ser”

Talvez da criação.