Como nasce o amor

-Nossa, tem um cara tão chato lá na agência.
-Ah, ele mora perto da minha casa, espero nunca encontrá-lo pela rua. 
-Sabe que depois dessa conversa, até que tem um ser humano debaixo daquela barba. 
-Cara, a gente tem se falado todos os dias, temos tantas coisas em comum. 
-Ah, estamos voltando pra casa juntos sempre, acho que vou tá querendo esse rapaz ai pra mim.
-Eu to tão a fim dele, mas ele é mó chave de cadeia, né?
-Será que ele vai nessa festa?
-Que vergonha, fiquei bebada e uma amiga jogou ele pra cima de mim. Ficamos!!!!
-Sim, vamos nos ver no fim de semana que vem e também no outro.
-Viajar pra Bahia? Claro!
-Acredita que ele foi num aniversário que toda a minha familia estava presente.
-Ele parece mais da minha da minha família do que eu.
-Ai to tão apaixonada.
-Ele arrumou uma banda e tocou no meu aniversário mesmo com o dedo quebrado. Wow!
-Sempre que viajamos nos damos tão bem, temos o mesmo ritmo e interesses.
-Fazer um intercâmbio? Tenho R$62!
-Vamos mudar de país, ai gente!
-Pera ai, estamos indo morar junto? Eita giovana.
-Sem grana, sem inglês, longe da família nesse frio, mas que bom é chegar em casa e ter ele aqui.
-Ele me abraçou forte e me deu força pra seguir firme no nosso sonho.
-Morar junto com ele não é estranho ou pesado no relacionamento, é como se sempre tivesse sido assim.
-Ele fez mil versões de curriculo pra eu conseguir um emprego.
-Virei vegetariana e ele me fez uma lasanha de abobrinha.
-Ele fez mil versões de curriculo de novo pra eu conseguir um emprego melhor.
-Ele me abraçou quando tudo que eu queria era chorar até o corpo ficar desidratado
-Ele vibrou comigo quando tudo deu certo.
-Ai eu sou tão apaixonada.
-Claro que às vezes eu fico puta quando ele larga as roupa tudo pela casa, mas eu tbm sou teimosa e distraida com as coisas tudo. 
-Ás vezes acho que é pouca vida pra tantos sonhos.
-Ah sim, todos os sonhos envolvem um ao outro.
-Ainda é como se fosse ontem porque eu sou toda apaixonada.
-Ou às vezes parece que faz mil anos, de tanto que o nosso amor é tranquilo
- 4 anos? É 4 anos and counting com o meu amigo, meu companheiro, meu namorado.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.