A Fornalha!

Dá medo, falta fé, é quente, pode machucar, não é agradável, parece que estamos sozinhos, pode ser cruel, é desumano, pode matar…

Mas o quarto homem também está na fornalha, ele está aqui andando com a gente, o quarto homem não nos abandonou e nem vai. Ah, mas que felicidade é caminhar com o quarto homem, homem bom que ajuda, socorre e traz paz. Quisera eu fazer você conhecê-lo, até mesmo obrigar! Mas não posso, não vou, não é meu papel.

Posso falar do que tenho vivido, posso falar do que tenho visto, “Nabuscodonosores e Faraós” deixando seus corações duros e ouvindo o Deus Vivo, deixando Ele se aproximar com muito amor.

A verdade é que o fogo não tem nos afetado, a verdade é que estamos sem nenhuma chamuscado, nem cheiro de fumaça há em nós. Como? Não sei, mas sei que é assim! Não fomos, não somos e nem seremos subjugados pelas provações. Nossa alegria vai permanecer mesmo em meio de uma fornalha, nosso sorriso será um testemunho para o Mundo, pois nossos nomes estão escritos no Livro da Vida.

Haiti — 2015