Confirmado: casamento heterossexual legalizado na cidade de Recife.

Tá no Google então é verdade!

Casais heterossexuais que vivem na cidade irão finalmente se casar

Joaquim e Sandra Lucia

Recife(PE) - O prefeito de Recife, Gaúcho Teixeira, convocou uma conferência de imprensa local e nacional para anunciar que os casais heterossexuais que vivem na cidade irão finalmente se casar e que a partir do próximo mês irá ser legalizado no estado o casamento entre cidadãos de sexos diferentes.

Última marcha dos héteros no país tem 3 décadas

Gaúcho disse que, enquanto Recife é considerada uma das capitais gays do Brasil(perdendo para SP e Florianópolis) e uma das maiores entidades gay friendly do mundo, heterossexuais que vivem na região reivindicaram seu direito de casar legalmente sem precisar ir para outro país:

“Há uma porcentagem (aproximadamente 12,5%) dos brasileiros heterossexuais que vivem no estado. Cidadãos que querem se casar com alguém do sexo oposto tem que viajar para outro país, é muito desgastante para essas pessoas terem que deixar a região para fazer seu enlace porque envolvia uma despesa muito forte, agora, graças à legalização poderão consumar seu amor perfeitamente dentro da mesma cidade “, disse Gaucho.

Joaquim aproveitou a oportunidade para consumar o primeiro casamento(depois de décadas)heterossexual da região:

“Sabemos que não será fácil viver o nosso amor no Recife, porque quando eu estou de mãos dadas com a minha namorada todos nos olham com ar de reprovação. Nós somos o negro no arroz no estado porque somos dos poucos heterossexuais que mostram abertamente o seu amor.

Pedimos à comunidade LGBT que respeite a nossa preferência heterossexual e deixem-nos viver o nosso amor livremente, mesmo a entidade sendo gay friendly deve compreender que existem pessoas com outras preferências como nós “, disse Joaquim Teixeira, o primeiro homem heterossexual casar com sua agora esposa Sandra Lucia.

De acordo com pesquisas, só gays com mais idade são contrários de hétero casamento “, apenas 20% dos entrevistados gays se opunham ao casamento hétero e são as com maior idade, eles são muito conservadores e consideram que não é justo sociedade Recifense começar a aceitar tais enlaces. Os jovens, por sua vez são mais abertos e estão dispostos a aceitar a diversidade, chegam a afirmar que não têm medo de Recife não ser mais considerada uma das capitais gays e gradualmente começar a se tornar uma das cidades menos intransigentes por uma causa, atitude ou grupo do mundo “, disse ele um especialista.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Baretto’s story.