Como fiz uma festa #zerowaste pra minha filha (ginasta).

Bom… eu tive um desafio bastante denso no mês de abril que foi produzir uma festa de aniversário para a minha filha com a menor produção de lixo possível. Fazia três anos que não fazíamos festa de aniversário, e prometemos fazer uma bem marcante. Mas desde dezembro do ano passado estamos vivendo uma jornada rumo ao lixo zero.

Passei dois meses produzindo esse dia. Aproximadamente 60 dias para viver 1.

Uma festa convencional leva o mesmo tempo de organização, mas, os resíduos gerados são plásticos e descartáveis que cobram 500 anos no mínimo do nosso planeta. E nós não queríamos bancar a história dessa forma.

Então meu desafio era pessoal, interno e pontual. Além disso, a intensão era que minha filha entendesse na prática a importância de se comemorar seu dia, mas, não impactar, ou impactar o mínimo possível na geração de lixo. De fato ela foi evolvida em todo o processo e com toda certeza aprendemos muito juntas. Estar uma criança de nove anos envolvida em processos de consciência ambiental, acredito ser importante, e para além, satisfatório.

A seguir, todos os itens contratados ou produzidos para a festa, com seus respectivos lixos gerados.

BOLO

Foi bastante complicado achar uma pessoa que fizesse o bolo de dois andares verdadeiros. As pessoas fazem o primeiro andar de isopor. Achei a Cintia que produziu um bolo maravilhoso, do jeito que a iuna escolheu. Ela fez 15 cups decorados com o tema da festa também.

Foto: Pijama Party
Foto: Lívia
lixo produzido:

4 canudos de plástico que estavam no meio do bolo para a sustentação.

1 prato de papelão entre os dois andares do bolo

16 forminhas de papel dos cups

2 fitas de cetim

lixo reutilizado:

1 tábua redonda de madeira (que agora meu filtro fica em cima. Ele estava mofando!)

1 ginásta dourada (que agora está no guarda-roupas da iuna.. rs!)

CUPS e CAKEPOPS

Eu encontrei a Carla que super topou fazer todos os cups nas forminhas de silicone e que também tem uma preocupação em produzir doces mais saudáveis possível, e deliciosos! ❤ Os cups eram de cenoura com cobertura de brigadeiro.

Foto: Pijama Party

Os minis cups ela produziu nas forminhas de empada dela. Depois devolvi (isso foi bem legal da parte dela!). O minis eram de banana com gotas de chocolate e uma cobertura de brigadeiro.

Foto: Lívia

Os cakepops vão espetados no palito de madeira e eram de baunilha com cobertura de chocolate.

Busquei diretamente na casa dela com nossos tapewares próprios.

Foto: Pijama Party
lixo produzido:

10 palitos de madeira compostáveis.

10 palitos de madeira com ginastas douradas em cima (se bem que ela guardou todas! rs)

Cakes Pops decorados

A Luciana do Luck Cupcake produziu os cakes posps decorados com ginastas. Ficaram lindos e deliciosos também!

Foto: Pijama Party
lixo gerado:

20 palitos de madeira compostáveis

DOCINHOS

Essa parte foi engraçada. Eu solicitei em uma doceria de bairro super delícia que minha família conhece há anos… Fada Farinha. Ao telefone expliquei que gostaria dos docinhos sem forminhas, pois, eu os colocaria direto nas bandejas de vidro à mesa. Elas me disseram ok e eu também!

No dia em que fomos buscar ela me entregou 3 caixas de papelão com os docinhos nas forminhas! rsrsrsrs… A Flávia me disse que não deu pra fazer sem forminhas porque os docinhos estavam grudando um nos outros, e ela ficou preocupada com esse resultado.

No fim, foi a parte da mesa de doces que mais gerou lixo, pois, as forminhas não são recicláveis.

Foto: Pijama Party
Foto: Pijama Party
lixo gerado:

200 forminhas de papel

3 caixas de papelão de 35cmX15cm

MASSAS

Essa parte da festa foi muito maravilhosa. Pensar em uma opção que servisse 50 convidados sem gerar lixo foi desafiador.

Pensamos em tudo, salgadinhos, lanchinhos, pão de metro… Mas, nenhuma dessas opções impactaria menos do que as massas tipo “spoletto”. Foi muito assertivo!

A Cris trouxe toda a louça, desde pratos, talheres, copos. O que teria sido um problema em qualquer outra opção, pois, eu não teria a quantidade necessária para todos os convidados.

Todos os ingredientes foram comprados na feira um dia antes, super fresquinhos e preparados horas antes de servir. Estava tudo muito delicioso.

Foto: Cris Pepper
Foto: Cris Pepper
Foto: Cris Pepper
lixo gerado:

1 balde de lixo orgânico compostável

63 saquinhos plásticos onde vinham embaladas as massas (essa me pegou desprevinida!!!! Apenas se a própria pessoa fizer a massa é que daria para se livrar desses resíduos).

BEBIDAS

Essa parte foi divertida e a mais tranquila para a geração de lixo. Optamos por sucos naturais feitos na hora, Laranja e Melancia com Gengibre. Tinha também água saborizada de Morango com Hortelã.

Todos consumiram muito suco e muita água. E realmente estavam frescos e gostosos. Uma opção bem saudável.

Foto: Lívia
Foto: Lívia
lixo gerado - apenas orgânico:

cascas de Laranja (muita!!) -compostável

casca de uma Melancia gigante -compostável

LEMBRANCINHAS

Essas deram trabalho para pensar e organizar. É uma parte da festa que esmagadoramente produz lixo. Pense nos aniversários que você já foi!!! Então deixei um tempo em stand by essa parte.

Tínhamos outro problema para resolver com as crianças. Qual seria o copo que elas beberiam seus sucos e água?! Eu não tinha 30 copos em casa e definitivamente não compraria descartável e nem de papel.

Então buscando referências no Pinterest, e também com a ajuda das meninas da decoração, cheguei a uma solução 2 em 1. Comprei 30 potes com tampas. Durante a festa, as crianças usavam como copo, e ao irem embora, podiam colocar alguns docinhos para levar (lavamos os potinhos para isso!). O resultado foi bastante satisfatório.

Eu não deixei os canudos “volonté pra criançada. Controlei bastante e impedi que usassem mais de um. Mas, depois pensei bem, e essa parte foi puramente estética. Não precisava!!

Cada um escrevia seu nome! ❤
lixo gerado:

32 canudos de papel (as crianças levaram embora, mas com certeza é lixo gerado).

2 Embalagens das etiquetas de lousa que compramos (poderíamos ter usado uma canetinha para economizar esta parte, com toda certeza!)

DECORAÇÃO

Fiz questão de contratar uma empresa que fizesse essa parte. Eu não queria comprar nada e além disso a decoração deveria ser de objetos e materiais que não gerassem lixo.

As meninas do Pijama Party executaram com maestria esse desafio.

Todos os detalhes eram lindos. Elas utilizaram apenas materiais de madeira e vidro. Utilizaram medalhas de competições da iuna, colans de ginastica e muita criatividade.

A mesa de doces não gerou um lixo sequer, nenhum resíduo.

Apenas no painel atrás da mesa foi utilizada cola.

Lousa escrita pela iuna! ❤
Forminhas de silicone!
Decoração no espelho com as medalhas da iuna! ❤
Foto: Pijama Party
Minis cups e cups decorados com ginastas! ❤
Ginasta do balcão de bebidas!
O primeiro Colan de competição da iuna! ❤
lixo gerado:

1 placa de cola para espelho

4 ginastas de papel para o balcão das bebidas (que estão no quarto da iuna!)

BRINCADEIRAS POPULARES na recreação

Muita diversão e movimento!

PESSOAS MARAVILHOSAS CONTRATADAS…

Todas eram mães e mulheres empreendedoras, e este foi um fator de bastante atenção pra mim. Elas eram extremamente atenciosas e carinhosas, de uma competência linda! Obrigada à Sami e a Edith do Pijama Party que arrasaram na decoração, à Carla que produziu os cups e minis cups deliciosamente, à Cíntia que produziu o bolo e os cups decorados, à Luciana do Luck Cupscakes que produziu os lindos cakespops decorados com ginastas, à Cris e sua família do buffet de massas, à Helena que chamamos para o apoio de toda a festa, à Flávia da Fada Farinha que fez os docinhos delícias, e à minha mãe que fez essa festa acontecer! Sem querer ser repetitiva, já sendo, estava tudo maravilhoso e delicioso. ❤

PRESENTES

Esse outro pacote de lixo foi produzido pelas embalagens dos presentes que a iuna ganhou.

Não fiquei a vontade para abordar todos os convidados e contar sobre a questão dos presentes, que os mesmos não eram necessários e tals. Os pais que eu tinha intimidade, ou que por alguma razão me procuravam para perguntar sobre quais presentes poderiam escolher, eu explicava que os presentes não eram necessários. Os que acharam imprescindível este ato, eu dizia que poderiam vir sem embalagens, que a iuna já estava preparada para isso. Em breves conversas eu já havia percebido o efeito: presentes sem embrulho, e muitos deles não eram de plástico. Ela ganhou bastante livros também, que considero ótimo, porque podem ser doados e muito utilizados e reutilizados.

lixo gerado:

a sacola na imagem abaixo (direita).

TODO O LIXO GERADO DA FESTA!!

O lixo gerado foi maior do que eu programei e imaginei para a festa. Pensar novas maneiras de atuar nos coloca em uma posição que provoca gafes e esquecimentos, muitas vezes tolos.

Com toda certeza viver uma vida com novas atitudes e buscar padrões diferentes dos convencionais requer treino e persistência.

É muito possível reduzirmos (e muito), nosso lixo produzido no cotidiano. É preciso, é urgente! ❤

Lixo orgânico de 50 convidados (esquerda). Formam misturadas forminhas junto ; [ Lixo reciclável de embalagens (direita) ; [

No Fim…

Essa foi a festa de 9 anos da iuna. Considero que tenha sido simples do ponto de vista do impacto da produção. Tudo foi feito com muito carinho e atenção por todas as pessoas envolvidas.

Tinha apenas uma opção de comida, com muitos ingredientes variados, mas, não tinham petiscos nem nada. As crianças chegaram na hora do almoço e almoçaram bem e saudavelmente e isso era um ponto bastante importante pra mim.

Os doces foram comprados em uma quantidade certa, não sobraram muitos. O Bolo foi o que mais sobrou, mas ficamos alguns dias nos deliciando!

Dá muito mais trabalho contratar tudo separado. Gasta-se mais em logística e os valores unitários são mais caros também. Por outro lado, cotei festas tradicionais e acabei gastando o mesmo valor. Não existe mágica!

O resultado final foi bastante lindo. Ficamos felizes com tudo e a iuna realizou um sonho. Amou tudo, e tenho certeza que guardaremos esse momento sempre, sem que o planeta tenha que pagar a conta, e o melhor, sabendo que não produzir lixo pode sim ser uma escolha, não necessariamente fácil, mas, completamente possível.

Leva tempo. É uma jornada mesmo!

Convite Virtual do Fazemos Cartaz ❤

Antes de você ir…

Se você acha que as pessoas devem ler esse blog clique no botão 💚. Comente e compartilhe o post. Lembre-se de me seguir no Medium para ser notificado sobre minhas postagens futuras! ; ]