Treinamento para conversar no século XXI

(Cena do filme Nascido para Matar)

Capitão: Muito bem, soldados. Não estou falando para um bando de idiotas que tricotam, então prestem muita atenção nesse treinamento. Estão me entendendo?

Soldados: Sim, capitão!

Capitão: Quando você mandar “oi” e a garota visualizar e não responder, o que vocês farão?

Soldados: Mandaremos “oi” de novo, capitão!

Capitão: E se novamente ela não responder?

Soldados: Cortamos um dos pulsos e mandamos “oi” de novo e nos arrependemos 5 minutos depois, Capitão!

Capitão: E se, por vocês serem uns merdas, ligarem para a dama sem querer?

Soldados: Trocamos nossos nomes para Afonso Tavarez e nos mudamos para a Espanha viver como malabaristas, por vergonha.

Capitão: Perfeito! E quando perguntarmos “td bem?”, ela responder “tudo e com você?” e respondermos “tudo sim :)”. O que faremos?

Soldados: Encerrarmos a conversa ai por falta de assunto, Capitão!

Capitão: Muito bem. E quando tentarmos puxar assunto escrevendo um textão falando sobre o novo filme do Tarantino e ela só responder com “KKKK sim”, o que faremos?

Soldados: Tentaremos puxar assunto de novo mandando outro textão falando sobre o filme antigo do Tarantino!

Capitão: E se ela falar “KKKKK sim” novamente?

Soldados: Mandaremos um meme!

Capitão: E se ela nem responder dessas vez?

Soldados: Amarguraremos no quarto escutando Coldplay!

Capitão: Ótimo, soldados! E se marcarmos um encontro, por algum milagre ou demência ela aceitar e a dama te der o bolo, Soldado Philip?

Soldado Philip: A gente chama ela de novo como se nada tivesse acontecido e fala sobre o futuro filme do Tarantino?

Capitão: Claro que não, Phillip, seu idiota. Chamamos ela de novo e falamos sobre o futuro filme do Tarantino como se nada tivesse acontecido enquanto escutamos Coldplay!

Soldado Philip: Perdão pelo terrível erro, Capitão.

Soldado Paul: Com licença, Capitão, mas uma garota desconhecida a qual não tenho interesse nenhum acabou de me chamar para falar do novo filme do Tarantino. O que eu faço?

Capitão: Ora, Soldado, apenas diga “KKKK sim” e na próxima nem responda!

(Texto de Noedir Ferrara Jr., escrito em 05/09/2017)
A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.