O que é um Arquiteto de Inovação?

Inovação, inovação e inovação! Nesses tempos em que o jargão de negócio mais utilizado é a inovação, o que realmente aplicamos de inovador nas nossas empresas?

Existem muitos definições formais para o que é inovação, no entanto, inovação não deixa de ser simplesmente a geração de resultado fazendo coisas novas. E aí está o maior desafio, geração de RESULTADO!

Mas se inovação é resultado fazendo coisas novas, como eu faço coisas novas? A inovação em certos momento pode parecer um fenômeno ilusório, mas a oportunidade de inovar permeia as nossa vidas. Pense da seguinte forma: Todos os dias você se depara com a oportunidade de tentar algo novo, fazer algo diferente do que fez ontem. Uma nova abordagem com o cliente, um novo produto, uma novo canal de marketing, um novo processo, uma nova forma de gerir as pessoas. Por que não? Toda vez que você opta por fazer as coisas sempre do mesmo modo, você perde a oportunidade de mudar a sua rotina e ver o que acontece.

A inovação depende de um fator mínimo que se chama escolha criativa. Ele é o ato de se desviar da norma, afastar-se da rotina por um breve momento.

Duas estradas divergem em uma floresta,
Eu opto pela menos percorrida
E isso faz toda a diferença.

“ A estrada não tomada” Robert Frost.

Assim como escolher um caminho em uma estrada, você pode escolher caminho diferentes para o seu negócio. Uma das estradas você já percorreu, por que não tentar a outra? A inovação vem disso, vem da possibilidade de se deparar com o desconhecido e criar situações incomuns. Saia da rotina e você vai descobris como fazer coisas novas.

OK, agora que sabemos o que é inovação… O que é um arquiteto de inovação?

Vamos as explicações:

Nos primórdios dos estudos comportamentais, o psicólogo Kurt Lewin cunho o que foi classificado como a equação mais famosa das ciências sociais:

COMPORTAMENTO = PERSONALIDADE X AMBIENTE

Resumindo, Lewin acreditava que o nosso comportamento pode ser compreendido pela interação entre duas coisas: quem somos e a situação no qual nos encontramos.

Visto que para sermos uma empresa inovadora precisamos de pessoas inovadoras. Como podemos criar situações para que as pessoas pensem criativamente e gerem soluções? Esse é o desafio do Arquiteto de Inovação.

O objetivo do arquiteto de inovações não é apenas gerar uma grande deias inovadora, ou duas: é criar inovação sistêmica e sustentável. E isso somente é alcançado alterando mais que do que atitudes e mentalidades; palestras motivacionais, autodiciplina, seminários e treinamentos isolados não conseguem uma mudança sustentável se os sistemas continuarem os mesmos. A única maneira de mudar sistematicamente o comportamento das pessoas e da organização é logicamente mudando os sistemas.

Os arquitetos reais trabalham basicamente o ambiente físico, como iluminação, salas e prédios. O arquiteto de inovação, lida com algo mais abrangente, ou seja, a soma do ambiente físico, social e profissional nos quais as pessoas trabalham.

A abordagem arquitetônica vai exigir que você modifique a sua maneira de pensar sobre sistemas e criatividade. A chave para criar uma cultura corporativa inovadora não é declarar guerra aos sistemas, processos e políticas da empresa, mas abrangê-los e reformulá-los de modo que suportem o comportamento criativo na organização. O objetivo principal é ajudar as pessoas a se comportaram mais como inovadores.

Quer saber mais e como as pessoas na sua empresa podem ser mais criativas e inovadoras? Entre em contato: odair@dopamine.com.br

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.