Na terceira temporada de Outlander, Jamie, Lord John Grey, amizade masculina e complicações

A relação entre Jamie Fraser e Lord John Grey está firmemente estabelecida após duas temporadas de Outlander? Dificilmente, mas é uma relação que estamos especialmente interessados ​​em assistir no decorrer da próxima terceira temporada. Entre a Gráfica, a busca porJamie e tudo relacionado a Jamie / Claire em geral, é bastante compreensível que a chegada de David Berry como o icônico personagem de Diana Gabaldon ficasse um pouco perdida no meio.

Nós o mencionamos aqui e ali em vários artigos, mas em se tratando de TV, ainda há muita coisa que precisa ser trazida e explorada ainda mais. Como esse relacionamento evolui quando esses dois homens estão em lados muito diferentes do espectro político? Como eles se vinculam? Como são as idas e vindas entre eles, e o que eles estão dispostos a fazer um pelo outro? Há uma história aí, mas esta história será mais sobre onde as duas partes envolvidas estão no presente e como elas podem ultrapassar as barreiras óbvias que existem.

O que estamos especialmente animados para ver acontecer com esses personagens é uma conexão emocional profunda e uma compreensão de como o outro funciona e sente. A amizade masculina muitas vezes não é algo que se expressa tão bem na televisão, principalmente porque muitas vezes ela é representada apenas com homens sendo “e aí mermão” e falando bobagem, mostrando que de alguma forma compartilhar pensamentos e sentimentos não é masculino o suficiente. As conversas são muitas vezes mais orientadas para o sucesso, a guerra, a conquista ou o sexo. Nós pensamos que a televisão melhorou muito dos últimos cinco anos para cá em se tratando de mostrar amizades femininas fortes, mas não houve a mesma evolução com os homens.

Existem duas séries de TV que consideramos exemplos fortes de amizade masculina.

Suits — Se você pensar a respeito, a maior preocupação de Harvey Specter com Mike Ross indo para a prisão era que ele ficaria sem seu melhor amigo. Eles trabalham juntos, mas eles também se preocupam um com o outro. Mesmo nesta temporada, o criador Aaron Korsh criou um forte arco sobre como Louis Litt estava lutando com a idéia de que o amigo de Harvey, Alex Williams, se juntasse à empresa. Ele começou a se sentir aceito e sentiu que sua própria amizade com Harvey ia diminuir com essa nova chegada.

Hap and Leonard — Este é um assunto que discutimos no passado com a estrela da série James Purefoy, que acredita que esse show se destaca em mostrar o vínculo entre dois homens adultos com diferentes origens e muitas vezes motivações diferentes. Provavelmente há mais semelhanças aqui com a dinâmica de Jamie / Lord John que com Suits, embora nem Hap nem Leonard se encontrem à mercê um do outro, da maneira que Jamie faz com o personagem de Berry.

Claro, estamos tão entusiasmados em ver as cenas da Gráfica como qualquer um, mas estamos igualmente investidos ao ver como Jamie e Lord John Grey desenvolveram seu relacionamento no início da terceira temporada. Com Jamie no abismo e assombrado pelo fantasma de seu grande amor Claire, uma amizade poderia ser um farol de esperança — mesmo que comece em um lugar problemático. (Infelizmente, e como muitos leitores dos livros sabem, essa amizade eventualmente se torna complicada de muitas maneiras diferentes — não queremos estragá-las aqui, principalmente porque elas são o que torna essa dinâmica tão interessante, única e às vezes até dolorosa. É um vínculo muito singular e notável.)

O que você quer ver de Jamie e Lord John? Escreva nos comentários!

Fonte: Cartermatt

Tradução: Ivana Kennedy

Curta nossa página no Facebook, conheça nosso grupo, Apaixonados Por Outlander, nos siga no Twitter e Instagram. Inscreva-se no nosso canal doYoutube.