1. Se o teor dos textos do ano passado pra cá não estiver agradando, é o que é: golpe seguido de governo interino de destruição. Não dá.

2. Você votou nele! Não. Votei na chapa, que ele traiu e deu um jeito de continuar no poder.

3. Como não me sinto representado por esse governo, exerço o direito de não suportá-lo.

4. Eu já perdi amigos por motivos incrivelmente mais banais que o futuro do nosso país.

5. Se eu estiver realmente te importunando com o que escrevo e/ou compartilho aqui, vá na fé e boa sorte.

6. A vida aqui (e fora dessa redoma) deveria ser um tanto assim menos provinciana, em todos os sentidos.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.