Do assédio à putaria da putaria ao assédio
Francisco Razzo
181

O maior problema do politicamente correto e da modernidade é achar que tudo começou agora. Que em outras épocas não haviam desigualdades, abusos ou trogloditas. Não cogitam que a moral sexual arrogada no passado tenha sido um mecanismo de defesa justamente contra os abusos, que uma família estruturada tenha sido o fundamento de uma sociedade ordeira, ou que a religião era a única barreira do barbarismo social e a ordem ética. Desde o advento do cogito cartesiano o mundo acha que todos os problemas e benesses começaram hoje, às 6 da manhã.

Like what you read? Give Pedro Henrique Alves a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.