Relicário

(02/02/2017)

Hoje fui ao museu e lembrei-me de ti, mesmo sabendo que tu és fascinado pelo tema abordado, não acho que tenha sido esse o motivo pelo qual lembrei-me de ti, tenho quase certeza que não. Pra falar a verdade, tu estás sempre em meus pensamentos, lembro-me de ti por qualquer coisa, por mínima que seja, seja uma paisagem que vislumbro, uma foto que eu vejo, uma flor que brota em meu jardim, um poema que leio, um borboleta que -morta- encontro pelo chão, um poema que leio, uma fruta que de sua árvore se solta ou até mesmo um laço que dou em meus cadarços.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.