A VITÓRIA de ontem não foi do Presidente Temer, dos Ministros ou Deputados.

A vitória de ontem é das reformas, é da economia, é das privatizações, é do BRASIL que voltou a crescer.


O Presidente Michel Temer irá responder igualmente a denúncia após o fim do seu mandato, se defenderá como funciona em todas nações democráticas e, antes de qualquer coisa, civilizadas.

EU, como cidadão e no exercício da cidadania apoio as reformas definidas pelo Governo do Presidente Michel Temer, por considerá-las um grande avanço, haja vista que somos uma nação pós crise econômica, a maior da nossa história.

Antevendo que muitos dos leitores deste modesto texto opinativo, em especial os identificados com a esquerda, divirjam, quero lembrar de que Lula, PT e toda esquerda que hoje bradam contra todas as reformas, RENEGARAM a Constituição Federal de 88, RENEGARAM o Plano Real e mais recentemente a Lei de Responsabilidade Fiscal dos estados e municípios.

No passado renegando e votando contra conquistas imprescindíveis para o fortalecimento do nosso país como nação democrática, e hoje tentando barras todas as reformas estruturais, afinal, o PT precisa que o povo precise dele; manter a sociedade dependente, para oferecer a solução de um problema que eles mesmos mantêm: A miséria.

E para relembrar um ou outro esquecido, reformas estas que os ex-presidentes Lula e a Dilma tentaram fazer e não conseguiram.

Em 1 ano e meio, o Governo do Presidente Michel Temer:

  • Tirou o país da pior crise econômica da sua história;
  • Baixou a inflação: É a menor em 18 anos;
  • Aprovou a proposta de emenda constitucional do teto dos gastos públicos;
  • Baixou os juros de 18% para 7,5%;
  • Liberou 40 bilhões de reais das contas inativas do FGTS aos trabalhadores e mais 16 bilhões aos idosos pelo PIS/PASEP;
  • Reformou o ensino médio;
  • Modernizou as leis trabalhistas.
  • Recuperou a Petrobras em gestão e valor de mercado, hoje o valor de mercado da estatal é 211 bilhões de reais;
  • A balança comercial, teve o melhor resultado de sua história (saldo superávit de US$ 55 Bilhões de dólares);
  • A Bolsa de Valores atingiu nível recorde (74 mil pontos).

Por fim, e como bônus aos estimados leitores, valho-me a seguir de um excelente vídeo do jornalista e também gaúcho Percival Puggina.

https://www.youtube.com/watch?v=fuQtzwyUD00