BACK TO BASICS — DE VOLTA AO BÁSICO

A DIVINDADE DE JESUS

Aquele que não ama não conhece a Deus; pois Deus é amor”. (1Jo 4:8)

Deuses nas mitologias não amam; apenas usam seres humanos para alcançarem seus objetivos. Não há conhecimento de Zeus dar sua vida pelos homens, ou mesmo Odin se sacrificando por amor dos homens. Jesus é essa figura divina que ama a ponto de morrer pelos Seus inimigos, e não joga isso na conta de ninguém.

A divindade de Jesus vai além do Seu poder, controle ou meios que Ele encontrou de realizar milagres. Jesus ser Deus é Ele amar plenamente o não amável na humanidade. O apóstolo João poderia definir Deus com palavras mais impactantes, que exaltariam mais as diferenças entre nós e Ele! Mas ele escolheu “amor”; algo que nos diferencia do resto das criaturas. Os animais não se amam, eles apenas têm instintos naturais. Amar aquele que nisso instinto pede a morte é divino.

Conhecer a Deus e Sua divindade é conhecer como o amor funciona e como ele afeta diretamente a criação. Adorar a Deus passa pelo critério do amor. Não O adoramos por obrigação ou porque tem uma lei cultural, mas porque Ele nos amou primeiro. As pessoas vão saber que Deus existe se amarmos uns aos outros. É o caminho mais que excelente.

Se Deus amou, o paradigma se excedeu. O nível agora subiu! Ele poderia condenar o mundo, jogá-lo no esquecimento e no total abandono; e continuaria Justo. Porém, Ele decidiu perdoar.

Enquanto o homem busca poder, controle, independência; Ele deixou o poder, tornou-se totalmente dependente do Pai. Se Deus é amor, quem não ama, mesmo dizendo que conhece a Deus, não O conhece. Para conhecer a Deus como de fato Ele é se faz necessário passar pelo deserto, onde nada mais resta senão confiar Naquele que se define como amor.

O Jesus Divino me constrange e me sinto afastado, impedido de olhar pra qualquer direção. O Jesus Divino vem até mim, sem constrangimento. Levanta minha cabeça e me faz olhar para a única coisa que pode me trazer vida; Seu rosto. Antes se eu O visse, morreria! Agora nada mais me faz viver de verdade. Necessário é olhar para Deus, é bom que o vejamos. Em Jesus, é possível ver Deus e nunca mais ser o mesmo.