UMA PITADA DE ESPERANÇA

No mês das mães, que também tratamos aqui na São Vicente como mês da família, muitas coisas mudaram no país. E olha que ainda falta muito para chegar junho! As expectativas são de dias difíceis… mas, como estamos celebrando a família, como devemos celebrar todos os meses, a vida não precisa ser só de dias difíceis.

Precisaremos de muita esperança, é verdade. E ela pode vir justamente do convívio mais próximo com a família — seja aquela que nos foi dada ao nascer ou a que escolhemos ao fazer e manter amigos dentro do peito. Para que a esperança nasça e renasça sempre que possível dentro de nós, ela pode — e deve — vir em forma de compaixão, de empatia, de se colocar no lugar do próximo e respeitá-lo e, acima de tudo, de querer bem, e promover encontros reais (grupo de WhatsApp não vale!) onde as pessoas estejam cercadas de boas companhias.

Quando a gente coloca o queijo na prateleira do seu supermercado favorito, a gente não coloca “só” um queijo: a gente coloca um convite. Um convite para que você conviva mais com aqueles que você ama, e que ame mais aqueles com quem convive, seja num prato elaborado do almoço ou em uma degustação mais descontraída na hora do jantar. O Queijo São Vicente não é só pra “encher barriga”, mas para encher também o coração e a mente com momentos inesquecíveis, tão deliciosos quanto as receitas que você testa.

Acreditamos que o queijo é mais do que um mero laticínio, é uma cola capaz de trazer pra perto pessoas com as mesmas afinidades, os mesmos paladares, e de gerar a curiosidade naqueles que pensam diferente, que ainda não se deixaram experimentar. E, em ambos os casos, só coisas boas saem da participação do queijo na vida da gente.

Por isso, na sua próxima receita, use seu queijo favorito, sim, mas coloque nele uma pitada de esperança. Aproveite o mês das mães, da família, das grandes mudanças sociais, para trazer pra perto aqueles que podem acalentar seu coração nos momentos difíceis e acalmar seus medos quando as saídas parecem um tanto quanto estranhas. Promova almoços, jantares, lanches e outros momentos onde, ao redor de uma mesa, todos possam se entender e se amar, pois é disso que o Brasil mais precisa agora! Esperança, confiança e um bom pedaço de queijo podem mudar o mundo — e é sempre bom quando essa mudança começa dentro da nossa própria casa.

Faça o teste e veja que essa pitadinha de esperança, mais um tiquinho de queijo, vão fazer uma enorme diferença no seu humor! E, na dúvida, escolha todos os queijos, toda a família, todas as receitas, todos os amigos para dividir com você o lado bom da vida. Afinal, amor e esperança são iguaizinhos ao queijo: é sempre melhor sobrar do que faltar. ;)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.